• Fato ou fake?

Nota à Imprensa

10/01/2020 17:36

Nota do Comando Geral da Polícia Militar da Bahia

O Comando Geral da Polícia Militar da Bahia (PMBA) informa que as declarações do comandante da 15ª CIPM já estão sendo tratadas internamente e ressalta que, em nenhuma circunstância, uma vítima deve ser culpabilizada. A Polícia Militar da Bahia tem como missão cuidar das pessoas e, para isso, realiza o policiamento ostensivo com o objetivo de prevenir o cometimento de crimes. 

A PMBA lamenta profundamente o crime cometido contra o casal de turistas e se solidariza com as vítimas, bem como reafirma o compromisso de fazer o melhor sempre para garantir a segurança de baianos e turistas. 

Comandante da 15ª CIPM pede desculpas

O tenente-coronel Eurico Filho Silva Costa, comandante da 15ª Companhia Independente da Polícia Militar (Itapuã), pediu desculpas pelas declarações na tarde desta sexta-feira (10). “Peço desculpas se fui mal interpretado pelas minhas declarações. Como policial militar, nunca defendi culpabilização de vítimas. Não seria diferente no caso absurdo envolvendo turistas em Salvador. Meu respeito e total solidariedade às vítimas de uma cruel violência contra as mulheres. Continuarei na trincheira em nome da segurança da sociedade e sendo intolerante contra qualquer tipo de violência”, falou o comandante.

Áudio:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.