• mapa de mídias
  • Portal SEI
  • RH Bahia
  • RH Bahia
  • Casa Nova
  • Prêmio Boas Práticas

Educação

12/07/2019 19:40

Atividades homenageiam 120 anos do nascimento de Anísio Teixeira

“Ser patrono da educação significa que meu pai pensou a educação do berçário à idade adulta. Essa visão macroscópica foi muito original em termos de Brasil, em termos de Bahia. Por isso, talvez, a figura de patrono tenha lhe cabido”. A reflexão sobre Anísio Teixeira, patrono da Educação na Bahia, é do filho dele, professor Carlos Teixeira, e foi feita durante lançamento do projeto ’2020: Ano Anísio Teixeira’, dando início às comemorações pela passagem dos 120 anos do educador baiano. A data do lançamento do projeto foi escolhida por marcar o dia de nascimento do educador, 12 de julho de 1900, na cidade de Caetité. A cerimônia, no Instituto Anísio Teixeira (IAT), foi transmitida por videoconferência e pelo Youtube, nas redes sociais do IAT e da Secretaria da Educação do Estado, e contou com a presença do secretário da Educação, Jerônimo Rodrigues.

Segundo o secretário Jerônimo Rodrigues, “todo este ano em homenagem aos 120 anos de Anísio Teixeira será de ações em reconhecimento às contribuições que ele deixou para a Bahia, para o Brasil e para o mundo, vinculando isso à nossa política estadual de aprendizagem”.


Caravana Anísio Teixeira

Uma das ações previstas é a Caravana Anísio Teixeira. Segundo o reitor da Universidade Federal do Sul da Bahia, Naomar Almeida, a comissão empossada o projeto ‘2020: Ano Anísio Teixeira’ vai fazer a sua primeira reunião em Caetité. “Nós vamos em caravana até Caetité, passando pelos campi das universidades em Feira de Santana, Jequié, Amargosa, Conquista, e em cada um deles, vamos fazer uma discussão debatendo o significado de Anísio e porque é tão importante resgatar o pensamento dele hoje”.

O projeto ‘2020: Ano Anísio Teixeira’ tem a proposta de reunir diversas outras atividades, a exemplo do projeto para a implantação de um museu sobre o educador no IAT; do apoio à Casa Anísio Teixeira; do concurso de produção audiovisual; da reedição de livros sobre a vida e obra do educador, além de ações formativas, jornadas de planejamento pedagógico e realização de simpósios. A programação envolverá, ainda, a Caravana Anísio Teixeira, que sairá de Salvador até Caetité, divulgando e mobilizando a sociedade e as instituições de ensino da Bahia, inclusive as de Ensino Superior para o projeto.


Anísio Teixeira

Anísio Spínola Teixeira foi bacharel em direito, gestor público, intelectual, educador e se tornou personagem importante na história da educação no Brasil. Nas décadas de 1920 e 1930, ele difundiu as ideias do movimento denominado ‘Escola Nova’, cujo foco foi a renovação pedagógica da escola.

No período de 1924 a 1928, Anísio Teixeira conduziu, na Bahia, a gestão de governo para a educação, empreendendo a tarefa de avaliar as condições materiais e pedagógicas das escolas baianas.

Já no período entre 1947 e 1950, uma de suas iniciativas mais importantes como secretário de Educação e de Saúde foi a construção do Centro Popular de Educação Carneiro Ribeiro, popularmente conhecido como Escola Parque, localizada na Caixa D’água, em Salvador, fundada em 1950. A escola fez parte de um grandioso projeto que consolidou a Educação Integral na pedagogia brasileira.



Repórter: Raul Rodrigues

Áudio:

Vídeo:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.