• Primeiro emprego
  • Revista Terra Mãe
  • Premio servidor cidadão

Carnaval

12/02/2018 15:30

Riachão, Vivendo do Ócio e Baco Exu do Blues são destaques do último dia de folia no Carnaval do Pelô

Completando seis dias de folia, o Carnaval do Pelô chegará ao fim com uma programação intensa, apresentando a diversidade de estilos musicais que marcam a celebração e compõem a cultura da Bahia. Na terça-feira (13), acontecem as últimas apresentações nos largos e nas ruas do Pelô, com atrações que vão do samba ao rock e ao hip-hop.

Largo Tereza Batista

A programação começa com uma dobradinha de rap. Às 15h, o grupo Nova Era apresenta ao público o som que surgiu na Cidade de Plástico e hoje lota casas de show em toda a cidade. Mais tarde, às 17h30, Baco Exu do Blues apresenta o resultado de seu trabalho “Esú”, cujo conceito está diretamente ligado com a entidade do Candomblé Exú. O rapper tem se tornado um dos grandes expoentes da música baiana contemporânea, arrastando fãs de todo canto com um forte trabalho autoral.

Ainda no Tereza Batista, às 20h, Carlos Pitta & Bando Anunciador transforma todo o espaço em sua “Praça do Frevo Elétrico”, uma proposta que funde o ritmo que vem de Pernambuco com as cordas da Guitarra Baiana. Às 22h30, o cantor Viny Brasil sobe ao palco e toca clássicos do forró brasileiro.

Largo Pedro Archanjo

Logo em frente ao Tereza Batista, a programação começa com uma atração voltada especialmente para a criançada. Às 15h30, o baile infantil do Canela Fina encanta crianças com suas músicas autorais e versões com arranjos próprios e instrumentação variada. Às 19h30, o tradicional espaço para a música orquestral desse carnaval recebe a Orquestra Sérgio Benutti, que faz uma homenagem à Guitarra Baiana.

Já outro destaque é a banda Vivendo do Ócio que neste carnaval promete um repertório diferenciado para homenagear a festa. “Nós vamos fazer uma mistura dos nossos álbuns e uma homenagem ao carnaval, misturando rock com marchinhas”, adianta o vocalista Jájá. São esperados os clássicos da banda e músicas do último disco "Selva Mundo". Com 12 anos de existência, a banda já esteve em turnê internacional e participou do Brazilian Day. “Em 2012, a banda lançou o disco ‘‘Meu pensamento é um ímã” e se consolidou como referência nacional, no pop rock baiano. A Vivendo do ócio se apresenta às 22h e conta com participação especial de Lahiri Galvão. Para finalizar, às 00h, o cantor Zelito Bezerra apresenta um repertório especial que inclui grandes nomes do forró.

Largo Quincas Berro D'Água

Se o seu gosto é pelo Samba, não se preocupe que tem uma programação especial para você. Há mais de 10 anos, a banda Salada Mista transforma qualquer estilo que for em um bom samba e é essa proposta que eles trazem ao Pelourinho, às 18h. A noite termina com a apresentação do Grupo Sangue Brasileiro. A partir das 20h30, eles prometem trazer aos palcos o samba da melhor qualidade em um espetáculo com a beleza digna desse gênero musical tão brasileiro.

Largo do Pelourinho


O grande palco do Centro Histórico recebe três trios bastante especiais. Aos 96 anos, Riachão recebe as cantoras Ana Paula Albuquerque e o grupo Paulinho Timor e os Bambas do Samba para participar do espetáculo “Riachão Patrimônio do Samba”. No repertório a representação da grandeza desse artista, em canções como “Retrato fiel da Bahia”, “Até amanhã” e “Cada macaco no seu galho”. A apresentação começa às 17h30.

A junção dos baixistas Luciano Calazans, Fernando Nunes e Gigi Cerqueira resultou em Tribass. O grupo garante que vai balançar o Pelourinho com um repertório especial para o carnaval. O show inicia às 20h acompanhado de uma banda com bateria, percussão e 3 sopros.

Com o projeto “Eu sambo mesmo”, os sambistas Simone Mota, Mazzo Guimarães e Luciano Salvador Bahia pretendem apresentar o que elas trazem consigo das mais variadas vertentes do gênero, além de suas inúmeras vivências musicais. As atrações sobem ao palco às 22h30 e encerram o Carnaval do Pelô 2018.

Ruas do Pelourinho

Alguns dos grandes espetáculos do Pelourinho acontecem fora dos palcos, no sobe e desce das ruas do Pelô, a qualquer momento você pode cruzar com uma fanfarra empolgante que te faz sentir nos antigos carnavais, ou parar e apreciar uma performance com elementos teatrais. A programação de rua tem início às 10h, com o Varal de Cordel, destacando o pífano como elemento chave da apresentação. Mais tarde, às 14h, Edd Bala percorrer o Centro Histórico acompanhado de sua Fanfarra Mágica. Já das 15h às 18h, a programação fica ainda mais agitada com tudo junto e misturado, vão sair às ruas os grupos e bandas Tambores do Mundo, Maracatu Ventos do Ouro, Bandinha Folia de Momo, Pierrot Tradição de Plataforma, Folia de Erê, Xarangool, Escola de Samba Unidos de Itapuã, Cia Gente de Teatro da Bahia e Bandinha Samba Folia. Já no período das 19h às 22h, quem toma conta da programação são os grupos e bandas Orquestra Os Franciscanos, Filó Brincante, Turma do Bassa, Oficina de Frevos e Dobrados, Paió de Rua e Bandão do Farias.


Fonte: Ascom/Secult

Áudio:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.