• Primeiro emprego
  • Revista Terra Mãe
  • Premio servidor cidadão

Educação

17/01/2018 18:00

Mutirão encaminha jovens para Primeiro Emprego em Ilhéus

Com objetivo de agilizar a inserção de egressos da Educação Profissional da rede pública estadual no Primeiro Emprego, o Governo do Estado promoveu um mutirão, nesta quarta-feira (17), para atualização cadastral e encaminhamento para contratação dos interessados em vagas do programa, no município de Ilhéus, no sul da Bahia. 

Com cerca de 350 participantes, oriundos dos cursos oferecidos no Território de Identidade Litoral Sul, a ação foi realizada no auditório da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), com a presença de representantes das secretarias estaduais da Educação, do Trabalho, Emprego e Renda (Setre) e da Administração (Saeb), além da Casa Civil, da Fundação Luís Eduardo Magalhães (Flem) e da Fundação Estatal Saúde da Família (Fesf).

Na ocasião, o superintendente da Educação Profissional e Tecnológica, Durval Libânio Netto Mello, fez um balanço da iniciativa. “A ação foi interessante porque pudemos perceber a demanda pelos empregos e os candidatos tiveram a oportunidade de conferir a uma apresentação para conhecer melhor o programa. O mutirão foi de extrema importância, pois conseguimos também avaliar as necessidades dos cargos disponíveis para o encaminhamento que podemos realizar, de acordo com a procura por vagas”, destacou.     

Já o supervisor de processos de intermediação, Leonardo Ramos, comentou que a ação "foi muito positiva, porque conseguimos localizar egressos que não tínhamos conseguido antes por outros métodos". No caso de serem elegíveis para a vaga, os candidatos terão a carteira de trabalho assinada, com todos os direitos garantidos. O contrato tem duração de 24 meses no Estado. 

A remuneração nas instituições privadas é a partir de um salário mínimo; já nos órgãos estaduais, o contemplado terá, além de salário mínimo, plano de saúde (Planserv), alimentação, vale transporte e processo formativo vinculado à área e ao serviço público. Para aqueles que concluíram as disciplinas, mas não finalizaram o estágio obrigatório, poderá haver encaminhamento para estágio remunerado em órgãos públicos. 

Programa Primeiro Emprego 

Trata-se de uma ação social de combate ao desemprego dos jovens, promovido pelo Governo do Estado, para inserir egressos e estudantes da Educação Profissional no mercado de trabalho, além de estimular uma maior dedicação na sala de aula, justamente por contemplar aqueles com melhores resultados. 

Para que os estudantes e egressos sejam contatados, em caso de seleção, é importante que estejam com os dados cadastrais atualizados no banco de dados da Secretaria da Educação do Estado. 

Áudio:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.