• Prêmio de boias práticas 2017
  • Partiu Estágio
  • Novs sedes e visturas reforçam segurança no Sudoeste
  • Investimentos na região sisaleira

Blog do Programa Digaí, Governador!

Digaí

Digaí, Governador! - Programa #37 - 02/02/2016


O programa Digaí, Governador! desta semana orienta os foliões para se divertirem no Carnaval da Bahia com alegria e paz, recomendação extensiva a quem prefere viajar nesse período de folia para descansar junto aos familiares. “Quem for brincar, brinque em paz, com tranquilidade, com respeito ao próximo”, ressalta Rui Costa, que deseja bom Carnaval a todos. Ele enfatiza ainda a importância das pessoas dirigirem com muito cuidado “para que a gente vá e volte em paz e com saúde". 

Nesta edição, o governador fala também da entrega de moradias do programa Minha Casa, Minha Vida, da última estação do Metrô de Salvador inaugurada – a de Pirajá - e do pronunciamento feito na segunda (2) durante a solenidade de abertura do ano legislativo na Bahia. Em relação a Pirajá, Rui informa sobre a conclusão das obras da estação de transbordo. “... Eu faço a vistoria final na quinta [4]. De acordo com ele, o equipamento já pode ser usado no Carnaval. “... nós teremos um terminal moderno completamente integrado à Estação do Metrô”. 

Minha Casa, Minha Vida


Outro assunto do programa é a entrega simultânea de habitações do Minha Casa, Minha Vida, nesta quarta-feira (3), em todo o País, beneficiando 2.500 famílias baianas. O governador diz que a presidente Dilma Rousseff vai estar em outro estado e, na Bahia, são 500 unidades em Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), 500 em Luís Eduardo Magalhães, no extremo oeste do estado, e 500 em Salvador. 



LEIA, NA ÍNTEGRA, O TEXTO DA 37ª EDIÇÃO DO PROGRAMA "DIGAÍ, GOVERNADOR!"

Como ressalta Rui, “... dá um orgulho [...] quando a gente entrega a chave [das casas]”. Segundo ele, “nove mil pessoas que vão ser beneficiadas [na Bahia]”. Às 9h30, o governador participa da inauguração do Residencial Lagoa da Paixão Setor I, na Fazenda Coutos, subúrbio ferroviário.

Otimismo e diálogo

Em relação ao pronunciamento na Assembleia Legislativa, Rui fala de otimismo e diálogo. Ele refere-se ao momento de crise no País, “mas eu entendo que não podemos deixar a peteca cair porque o governante não pode carregar pessimismo. Tem que carregar responsabilidade [e], ao mesmo tempo, otimismo, porque as obras públicas servem para dar dignidade, qualidade de vida às pessoas [...], servem para manter a atividade econômica, para gerar empregos”. 

Ouça o programa abaixo!



O governador cita ainda o compromisso com o ritmo do desenvolvimento e a importância do diálogo. “Eu convidei todos os chefes de poderes do Executivo, do Legislativo, do Judiciário, do Ministério Público, dos Tribunais de Contas, a manterem um permanente diálogo sobre as contas públicas, para que juntos possamos pensar e agir com responsabilidade, com serenidade [...]. Eu entendo que o diálogo entre os poderes pode nos ajudar a passar por esse momento mais difícil”.

O Digaí, Governador! é produzido pela Secretaria de Comunicação Social (Secom), veiculado pela Rádio Educadora FM 107,5 MHz e reproduzido por diversos veículos de comunicação. Está disponível no site da Secom e pelo telefone 0800-071-7328.

Edmundo Filho:
Olá, eu sou Edmundo Filho e a partir de agora você participa, com a gente, de mais uma edição do Digaí, Governador! em uma semana em que Salvador, e boa parte do interior do Estado, já vive o clima do Carnaval, mas nesta quarta-feira tem novidades no Minha Casa, Minha Vida! Tudo bem governador?

Governador Rui Costa:
Tudo bom, Edmundo. Tem novidade! Temos entrega de duas mil e quinhentas unidades aqui na Bahia. São duas mil e quinhentas famílias que vão receber a sua casa própria, o seu lar, e dá um orgulho danado quando a gente entrega a chave a essas pessoas, as pessoas erguem a cabeça, estufam o peito e dizem: essa casa é minha! São nove mil pessoa que vão ser beneficiadas. Aqui em Salvador onde eu vou estar presente...

Edmundo:
Acontece simultaneamente né?

Rui Costa:
Isso! A presidenta vai estar em outro Estado brasileiro. Vão ser inaugurações simultâneas em todo o País. Aqui na Bahia são três cidades: Salvador, lá na Lagoa da Paixão, aonde eu vou estar presente. São mil e quinhentas unidades em Camaçari e em Luís Eduardo Magalhães, 500 unidades. O mesmo número aqui de Salvador, que também são 500 unidades. Portanto, as três juntas. São duas mil e quinhentas unidades para dar segurança, eu diria tranquilidade a essas famílias que passam a ter um lar, uma casa própria definitivamente.

Edmundo:
Governador Rui Costa, é claro que a conquista da casa própria é sempre uma grande vitória, mas uma preocupação maior também das pessoas hoje é em relação a mobilidade urbana. Nessa direção, o senhor inaugura mais uma etapa do metrô de Salvador, com o terminal de ônibus de Pirajá, um investimento de R$ 22 milhões, não é verdade?

Rui Costa:
Ah sim. Nós fizemos a entrega e a inauguração da Estação do Metrô e estávamos concluindo a estação de transbordo do ônibus de Pirajá. A obra foi concluída e, na quinta pela manhã, eu faço uma vistoria final na obra, abrindo aquela obra para uso definitivo do público, já podendo usar para o Carnaval. Então nós teremos um terminal moderno, completamente integrado a Estação do Metrô, e servindo a toda população do miolo da nossa cidade. Então é uma obra importantíssima que se integra a estação ali do metrô, e o terminal e a estação, portanto, passam a servir de forma mais digna e com mais conforto à população da nossa cidade.

Edmundo:
O senhor já começa o ano com ritmo de obras, de entregas e inaugurações. Esse deve ser o movimento que a Bahia deve seguir ao longo desse ano de 2016? Foi essa mensagem que o senhor levou à abertura do ano legislativo, na Assembleia Legislativa?

Rui Costa:
Sim, Edmundo. Com seriedade, serenidade, com muita responsabilidade, afinal de contas nós estamos vivendo um momento de uma crise de grandes proporções no nosso País. Mas eu entendo que nós não podemos deixar a peteca cair, porque o governante não pode carregar pessimismo. Tem que carregar responsabilidade, mas, ao mesmo tempo, otimismo, porque as obras públicas servem para dar dignidade, qualidade de vida às pessoas, mas, também, servem para manter a atividade econômica, para gerar empregos. No metrô nós temos milhares de pessoas trabalhando para construir as obras do metrô. No Minha Casa, Minha Vida nós também temos milhares de pessoas, na Bahia, trabalhando, construindo essas casas. Portanto, são investimentos que melhoram a qualidade de vida, mas multiplicam-se aí os empregos, ajudando as famílias a sobreviverem.

Edmundo:
Podemos dizer, então, que para além de uma mensagem de otimismo que o senhor levou aos deputados, é também o compromisso de continuar a Bahia nesse ritmo de desenvolvimento?

Rui Costa:
Ah sim. O compromisso no ritmo do desenvolvimento, mas também com muito diálogo. Eu convidei todos os chefes de poderes do Executivo, do Legislativo, do Judiciário, do Ministério Público, dos Tribunais de Contas, a manterem um permanente diálogo sobre as contas públicas, para que juntos possamos pensar e agir com responsabilidade, com serenidade, mas dialogando entre todos os poderes para acertarmos as medidas necessárias para que a Bahia consiga seguir sendo exceção a regra nacional, que tem sido uma regra difícil, de atraso de salários, de dificuldades de pagar as dívidas dos Estados e, portanto, eu entendo que o diálogo entre os poderes pode nos ajudar a passar por esse momento mais difícil.

Edmundo:
Você também pode interagir com a gente no nosso blog, na página da secom.ba.gov.br. Governador Rui Costa mais uma vez obrigado pela oportunidade. Semana de Carnaval, de festas, o senhor vai atrás do trio, mas, também, com a preocupação de levar segurança e ofertar outros serviços aos baianos e turistas. Um abraço e até uma próxima oportunidade.

Rui Costa:
Um abraço, Edmundo. Eu queria desejar a você, que vai brincar o Carnaval, que vai viajar para alguma cidade para descansar com sua família. Pedir que quem for brincar, brinque em paz, com tranquilidade, com respeito ao próximo. Lembrando sempre que o outro tem mãe, tem pai, tem filho, tem uma família também para cuidar e, portanto, se a gente for brincar com esse espírito da alegria, do sorriso, da paquera, do namoro, mas sempre preservando a paz, é fundamental. E para quem vai viajar, segurança nas estradas, tranquilidade, dirigir com muito cuidado, para que a gente vá e volte em paz e em saúde. Um bom Carnaval a todos e até a próxima semana.


DIGAÍ SEU COMENTÁRIO:


Deixe sua mensagem
Seu nome
Seu e-mail
Cidade
Mensagem
Digite o código ao lado *
Captcha Image Carregar outra imagem


Voltar    Imprimir Página