• Novs sedes e visturas reforçam segurança no Sudoeste
  • Investimentos na região sisaleira

Blog do Programa Digaí, Governador!

Digaí

Digaí, Governador! - Programa #32 - 17/11/2015


As ações para controlar os incêndios florestais na Chapada Diamantina têm destaque na edição desta semana do Digaí, Governador! “Esta é a grande preocupação nossa. Infelizmente a chuva não chegou até agora [...] e isso agravou o problema [na região]”, afirma Rui Costa. Outros assuntos do programa de rádio são a Semana da Consciência Negra, projetos na área de educação e os atentados ocorridos em Paris (França). 

“Nesta terça-feira [17] eu estarei indo a Lençóis me reunir com a equipe [que atua no combate ao fogo], conversar com alguns prefeitos e também fazer um sobrevoo em todas as áreas onde tinham ou ainda permanecem algum foco de incêndio”, anuncia Rui. 

Segundo ele, equipes permanentes estão na região da Chapada, inclusive voluntários. “... eu quero, desde já, agradecer em nome do povo da Bahia a esses voluntários, que trabalham não só [no combate ao] incêndio [...] ao longo do ano. Nos últimos três meses, temos monitorado e feito intervenções no sentido de controlar os incêndios”.


LEIA, NA ÍNTEGRA, O TEXTO DA 32ª EDIÇÃO DO PROGRAMA "DIGAÍ, GOVERNADOR!"

O governador cita que, na semana passada, houve dispersão do fogo em vários pontos e, no último final de semana, as equipes atuaram com aeronaves, trator, máquina, carro-pipa, num trabalho que envolve mais de 100 pessoas. “Quero agradecer também ao Exército, à Aeronáutica, às prefeituras que têm nos ajudado muito, a esses prefeitos e prefeitas da Chapada, e aos voluntários”.

Ainda no Digaí, Governador!, Rui afirma ter conversado com o secretário do Meio Ambiente, Eugênio Spengler, sobre a importância da conscientização dos moradores em relação à preservação ambiental. “Eu pretendo entrar com uma campanha do Governo do Estado, junto com as prefeituras, forte e com material explicativo nas pousadas e nos hotéis também”, reforça.

Semana da Consciência Negra

Ao falar sobre os atentados em Paris, Rui diz que “nada justifica tirar a vida de outro ser humano e, portanto, quero deixar aqui a minha solidariedade ao povo francês e dizer que a humanidade precisa refletir e cultivar, cada vez mais, os valores da vida e os valores do respeito ao próximo. O mesmo respeito que nós, que estamos na Semana da Consciência Negra (sexta-feira é o dia 20 de novembro), devemos ter [com] todo cidadão. Os seres humanos são iguais. Não importa a cor da pele, não importa o tipo do cabelo, a cor dos olhos [...].

Ainda sobre igualdade, o governador afirma que “os seres humanos são todos iguais perante Deus, e, portanto, acho que nós devemos respeitar as pessoas e cultivar um sentimento de solidariedade, de amor... Isso vale para outras nações, mas vale também aqui para nós”.

Ouça o programa abaixo!

 




Rui também fala sobre o comentário de Vovô do Ilê feito no programa de rádio, no qual afirma que “a questão do racismo [...] parece um edifício [...]. Está sempre mudando a fachada e a gente tem que estar sempre procurando também outras maneiras, novas formas de combatê-la. Aqui, no caso da Bahia, nós começamos em 1974, no Ilê Aiyê, a fazer de uma forma diferente, através da cultura e da educação”.

Quanto a isso, Rui enfatiza que “eu concordo em gênero, número e grau com Vovô. É através da afirmação da educação, da cultura, da arte, da oportunidade do emprego, que nós vamos vencer o racismo, que nós vamos devolver ao povo negro um histórico de cerceamento de oportunidades que, ao longo da história do Brasil, [foi] retirado do povo negro”.

Projetos na área da educação

O governador informa na edição do Digaí, Governador! que, nesta semana, envia três projetos à Assembleia Legislativa da Bahia. “Um é o Plano de Educação do Estado da Bahia, o segundo é o plano que garante o primeiro emprego para os alunos da rede pública, e o terceiro é o projeto que nós estamos chamando bolsa de estudo para os alunos [...] socialmente vulneráveis e que estão nas unidades públicas do Estado”. 

De acordo com ele, os projetos “têm tudo a ver com a defesa da igualdade entre os seres humanos, têm tudo a ver com a reparação ao povo negro... Portanto, nós estaremos com a educação, com a afirmação da cultura, para que possamos levar também paz para a essas comunidades”.

Rui Costa finaliza o programa “torcendo para que, na próxima segunda-feira [23], nós já tenhamos controlado 100% do incêndio na Chapada. Eu diria que agora, nesse momento, estamos [com] 70%, mas na próxima gravação, com o apoio dos voluntários, do Exército, da Aeronáutica, nós chegaremos a 100%”. 

O Digaí, Governador! é produzido pela Secretaria de Comunicação Social (Secom), veiculado pela Rádio Educadora FM 107,5 MHz e reproduzido por vários veículos de comunicação. Está disponível no site da Secome pelo telefone 0800-071-7328.

Edmundo Filho:
Olá, tudo bem? Você que participa com a gente do nosso encontro semanal com o governador Rui Costa, muito obrigado! Hoje vamos falar mais uma vez com o nosso governador, em uma semana de preocupação com o meio ambiente e de combate também às chamas que consomem a Chapada Diamantina. Tudo bem, governador?

Governador Rui Costa:
Tudo bem, Edmundo. Essa é a grande preocupação nossa. Infelizmente a chuva não chegou até agora, já era para estar chovendo no semiárido, e isso agravou o problema. Nós temos, nos últimos dois ou três meses, equipes permanentes lá, inclusive de voluntários, que eu quero desde já agradecer em nome do povo da Bahia a esses voluntários, que trabalham não só nesse incêndio mas tem trabalhado ao longo do ano. Nos últimos três meses nós temos monitorado e feito intervenções no sentido de controlar os incêndios. Infelizmente, na semana passada houve uma dispersão em vários pontos, entramos nesse final de semana com muitos equipamentos: são várias aeronaves, trator, máquina, carro-pipa, mais de 100 pessoas. Eu quero agradecer também a ajuda do Exército, da Aeronáutica, das prefeituras que têm nos ajudado muito, esses prefeitos e prefeitas da Chapada, e dos voluntários. Nessa terça-feira eu estarei indo a Lençóis me reunir com a equipe, conversar com alguns prefeitos e também fazer um sobrevôo, em todas as áreas onde tinham ou ainda permanecem algum foco de incêndio. Mas Edmundo, eu quero ressaltar e renovar aqui o nosso pedido – e eu até estava conversando com o secretário do meio ambiente, Eugênio (Spengler) -, falando da importância que nós possamos ampliar toda uma conscientização e eu pretendo entrar com uma campanha pelo Governo do Estado junto com as prefeituras, forte e com material explicativo nas pousadas e nos hotéis também.

Edmundo Filho:
Governador, na última sexta-feira o mundo ficou estarrecido: centenas de pessoas assassinadas em mais um ataque terrorista, centenas também que ficaram feridas. Até que ponto o mundo pode se proteger desses ataques, governador? Como é que o senhor também, como ser humano, se sente em solidariedade a essas pessoas que perderam os familiares?

Rui Costa:
Olha, eu diria que é inexplicável! Nada justifica retirar a vida de outro ser humano e portanto quero deixar aqui a minha solidariedade ao povo francês, e dizer que a humanidade precisa refletir e cultivar cada vez mais os valores da vida e os valores do respeito ao próximo. O mesmo respeito que nós, que estamos na Semana da Consciência Negra, sexta-feira é o dia 20 de novembro, devemos ter respeito a todo o cidadão. Os seres humanos são iguais. Não importa a cor da pele, não importa o tipo do cabelo, a cor dos olhos, os seres humanos são todos iguais perante a Deus, e, portanto, acho que nós devemos respeitar as pessoas e cultivar um sentimento de solidariedade, de amor...Isso vale para outras nações mas vale também aqui para nós. Essa semana, por exemplo, eu envio três projetos para a Assembléia: um é o Plano de Educação do Estado da Bahia, o segundo é o plano que garante o primeiro emprego para os alunos da rede pública, e o terceiro é o projeto que nós estamos chamando a bolsa de estudo para os alunos de escola pública socialmente vulneráveis e que estão na Universidade pública do Estado. Então esses três projetos eu acho que têm tudo a ver com a defesa da igualdade entre os seres humanos, têm tudo a ver com a reparação ao povo negro e, portanto, nós estaremos com a educação, com a afirmação da cultura, para que possamos levar também paz para essas comunidades.

Edmundo Filho:
Governador, o senhor é filho da Liberdade, um bairro que tem origem de afrodescendentes, a maioria é negra, e o senhor viu nascer o Ilê Aiyê e a sua cultura. Nós fomos ouvir um pouco o Ilê Aiyê, através de seu presidente, o Vovô, que fala dessa cultura de combate ao racismo no Estado.

Vovô:
A questão do racismo, a gente sempre coloca...Parece um edifício, né? Está sempre mudando a fachada e a gente tem que estar sempre procurando também outras maneiras, novas formas de combatê-lo, né? Aqui, no caso da Bahia, nós começamos em 1974 no Ilê Aiyê a fazer de uma forma diferente, através da cultura e da educação.

Rui Costa:
Eu concordo em gênero, número e grau com Vovô. É através da afirmação da educação, da cultura, da arte, da oportunidade do emprego que nós vamos vencer o racismo, que nós vamos devolver ao povo negro um histórico de cerceamento de oportunidades que foi ao longo da história do Brasil retirado do povo negro e hoje nós temos que render homenagem e todos nós afirmamos que seres humanos são iguais, merecem oportunidades iguais, e só quando todos nós internacionalizarmos esses valores, nós de fato alcançaremos um momento que nós poderemos dizer que nós estamos vivendo em um mundo de respeito e de afirmação de todas as identidades culturais e raciais.

Edmundo Filho:
Você também pode participar com a gente do “Digaí”. Acesse a nossa página secom.ba.gov br (www.secom.ba.gov.br) e tem um blog dedicado lá à sua participação. Muito obrigado. Governador também, muito obrigado pela participação, a gente se vê na semana que vem. Um abraço e até o nosso próximo encontro.

Rui Costa:
Eu que agradeço. Um abraço e torcendo para que na próxima segunda nós já tenhamos controlado 100% o incêndio na Chapada. Eu diria que agora, nesse momento, estamos a 70% mas na próxima gravação, com o apoio dos voluntários, do Exército, da Aeronáutica, nós chegaremos a 100%. Um forte abraço.


DIGAÍ SEU COMENTÁRIO:


Deixe sua mensagem
Seu nome
Seu e-mail
Cidade
Mensagem
Digite o código ao lado *
Captcha Image Carregar outra imagem


Voltar    Imprimir Página