• Novs sedes e visturas reforçam segurança no Sudoeste
  • Investimentos na região sisaleira

Blog do Programa Digaí, Governador!

Digaí

Digaí, Governador! - Programa #31 - 10/11/2015


O programa Digaí, Governador! desta semana destaca várias ações do governo estadual para impulsionar o desenvolvimento na região sul da Bahia. “... [este] é um momento importante. Hoje eu estou aqui dando ordem de serviço [para] as obras do Hospital da Costa do Cacau [em Ilhéus], um equipamento moderno do tamanho que essa cidade merece”, enfatiza o governador Rui Costa, que esteve nesta segunda-feira (11) nesse município e em Itabuna.

Esta edição do Digaí, Governador! foi gravada diretamente da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), no município de Itabuna, onde Rui participou da inauguração das novas instalações no Campus Jorge Amado da instituição.

“Aqui na região sul do estado nós temos projetos estruturantes como a ferrovia [de Integração Oeste Leste e] o Porto Sul”, ressalta o governador. O programa também aborda assuntos como a retomada da produção cacaueira na região, o Metrô de Salvador e viagens, no decorrer da semana, para entrega de obras e serviços – Rui também irá a Brasília nesta terça (10).


LEIA, NA ÍNTEGRA, O TEXTO DA 31ª EDIÇÃO DO PROGRAMA "DIGAÍ, GOVERNADOR!"


Saúde

Ao falar do Hospital da Costa do Cacau, Rui afirma que a unidade é para atender a toda região, não só aos moradores de Ilhéus. “... é um hospital regional e, junto com o hospital, nós vamos ter outro equipamento, a nossa policlínica, que é um consórcio de saúde”.

O governador diz que “hoje [esta segunda] eu pedi pela manhã para os prefeitos acelerarem o processo de aprovação [do consórcio] na Câmara de Vereadores para que eu possa assinar... Portanto, são dois equipamentos que vão qualificar o atendimento aqui, garantindo a saúde pública de qualidade no sul da Bahia”.

Ouça o programa abaixo!




Itabuna

Na cidade de Itabuna, Rui assinou ordem de serviço para o início das obras da Barragem do Rio Colônia. De acordo com ele, a obra chegou a ser iniciada no governo Jaques Wagner, porém a empresa, com poucos meses após o início da construção, abandonou as obras. “Felizmente [...] uma [nova] empresa vai cumprir o contrato e hoje se inicia a obra dessa importante barragem, que vai resolver o problema de abastecimento de água em Itabuna, além, evidente, de prevenir eventuais enchentes do rio”.

Produção cacaueira

Outro assunto abordado é a retomada da produção de cacau no sul da Bahia. “Eu estou muito orgulhoso, muito feliz, de perceber e de constatar, em ver a imprensa nacional reconhecer, o esforço de todas as pessoas aqui da região, que têm trabalhado [...] para retomar a produção do cacau [... e de] toda a cadeia produtiva”. 

A idéia, como ressalta Rui, “é beneficiar, é produzir chocolate de alta qualidade para ocupar os principais mercados no mundo inteiro, deixando aqui na região um valor agregado muito maior. É como hoje o prefeito Jabes (Ribeiro, prefeito de Ilhéus) falava: uma saca de amêndoa de cacau é vendida por R$ 600. Um chocolate fino, na mesma proporção, [é vendido] por R$ 10 mil”. 

Como explica o governador, o beneficiamento do cacau significa “mais riqueza e mais emprego na região, e esse é o nosso trabalho, e isso se soma a todos os projetos, eu diria, estruturados, que nós estamos fazendo aqui, da ferrovia, do porto, do novo aeroporto que vamos construir”. Ainda quanto ao desenvolvimento do sul baiano, Rui cita a consolidação da segunda universidade (a UFSB) na região – a primeira é a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc).

Estação da Bonocô

Em relação ao Metrô de Salvador, o governador confirma a inauguração da Estação da Bonocô, na próxima sexta-feira (13), às 9h, com a presença do ministro das Cidades das Cidades, Gilberto Kassab. “Sexta-feira é dia de festa, eu diria não só para Salvador, mas para toda [a] região metropolitana e, porque não dizer, para a Bahia. [...].o baiano, mesmo aquele que não mora em Salvador, fica orgulhoso de ver a sua capital com um metrô moderno e funcionando”. 

Viagens nesta semana

Nesta terça (10), o governador estará em Brasília, com o ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, para tratar de assuntos como o Polo Industrial de Camaçari, o preço da nafta e a necessidade da Petrobras chegar a um acordo com as empresas para o fornecimento da nafta “para que possamos atrair novas empresas para a Bahia e consolidar os investimentos. Tudo que nós precisamos, nesse momento, é mais investimento, mais geração de emprego e melhoria da qualidade de vida das pessoas”, afirma. 

No sábado (14), Rui irá a Bom Jesus da Lapa, no Vale do São Francisco, onde entrega o Distrito Integrado de Segurança Pública. “[É um] equipamento importante porque reúne, em um módulo, a Polícia Militar e, no outro módulo, a Policia Civil, lado a lado trabalhando pela segurança pública”. 

O programa Digaí, Governador! é produzido pela Secretaria de Comunicação Social (Secom), veiculado pela Rádio Educadora FM 107,5 MHz e reproduzido por vários veículos de comunicação. Está disponível na internet, pelo telefone 0800-071-7328, e no blog Digaí, Governador!, na página da Secom.

Edmundo Filho:
Olá, eu sou Edmundo Filho e a partir de agora você confere mais uma edição de nosso encontro semanal com o governador Rui Costa. Hoje, especialmente do Sul da Bahia, mais precisamente da cidade de Itabuna. Tudo bem, governador?

Rui Costa:
Tudo bem. Este programa é especial, hoje aqui dentro da sede da Universidade Federal do Sul e, portanto, fazendo o programa aqui direto de Itabuna!

Edmundo Filho:
Um marco para a região, governador? Essa sua agenda pode ser definida dessa forma?

Rui Costa:
Ah, sim. É um momento importante. Aqui na região Sul do Estado nós tempos projetos estruturantes, como da ferrovia, do Porto Sul, e hoje eu estou aqui dando ordem de serviço, iniciando a obra do novo hospital, o Hospital da Costa do Cacau, um equipamento moderno do tamanho que essa cidade merece; também dando ordem de serviço do início da Barragem do Rio Colônia – ela chegou a ser iniciada no governo Jaques Wagner -, e infelizmente o empresário, com apenas 13 meses de obra, abandonou e nós tivemos que superar essa pendência para reiniciar essa obra. Felizmente veio uma empresa que vai cumprir o contrato e hoje se inicia a obra dessa importante barragem que vai resolver o problema de abastecimento de água em Itabuna e além, evidente, de prevenir eventuais enchentes do rio.

Edmundo Filho:
Uma conquista para o nosso Estado a retomada da produção cacaueira, agora também visando os mercados internacionais? Esse momento, ele caminha na direção desse desenvolvimento que o senhor trouxe para essa cidade e para essas regiões aqui?

Rui Costa: 
Ah, sim. Eu estou muito orgulhoso, muito feliz, de perceber e de constatar, em ver a imprensa nacional reconhecer o esforço de todas as pessoas aqui da região, que têm trabalhado duro para retomar a produção do cacau, e não só a produção do cacau mas de toda a cadeia produtiva. A idéia é beneficiar, é produzir chocolate de alta qualidade para ocupar os principais mercados no mundo inteiro, deixando aqui na região um valor agregado muito maior. É como hoje o prefeito Jabes (Ribeiro, prefeito de Ilhéus) falava: uma saca de amêndoa de cacau é vendida por R$600,00. Um chocolate fino, à mesma proporção, você vende por 10 mil. Portanto, isso fica mais riqueza e mais emprego aqui na região, e esse é o nosso trabalho, e isso se soma a todos os projetos, eu diria, estruturados que nós estamos fazendo aqui, da ferrovia, do porto, do novo aeroporto que nós vamos construir, além, evidente, de comemorar a segunda Universidade pública aqui – a primeira é a UESC, Universidade Estadual -, e agora, a consolidação da Universidade Federal do Sul da Bahia.

Edmundo Filho:
Governador, nesse momento em que a cidade de Itabuna e a cidade de Ilhéus recebem um hospital, não apenas essas duas cidades serão beneficias. São 27 municípios. É uma revolução na saúde também para essa região?

Rui Costa:
Ah, sim. É para atender a toda região, Edmundo, não só a cidade de Ilhéus, mas ele é um hospital regional e junto com o hospital nós vamos ter um outro equipamento, que é a nossa policlínica, que é um consórcio de saúde – e hoje eu pedi pela manhã para os prefeitos acelerarem o processo de aprovação disso na Câmara de Vereadores, para que eu possa assinar. Na semana passada, foi a cidade de Teixeira de Freitas, a região de Teixeira de Freitas, o consórcio, e eu estou buscando agilizar esse daqui. Portanto, são dois equipamentos que vão qualificar o atendimento aqui, garantindo a saúde pública de qualidade no Sul da Bahia.

Edmundo Filho:
Nosso Metrô. Nos trilhos, governador, com mais uma estação, a Bonocô? 

Rui Costa:
Ah, sim. Sexta-feira é dia de festa, eu diria não só para Salvador, mas para toda Região Metropolitana e, porque não dizer, para a Bahia. Porque o baiano, mesmo aquele que não mora em Salvador, fica orgulhoso de ver a sua capital com um metrô moderno e funcionando. Até porque, todos nós, baianos e baianas, sofríamos de uma piada – era o ferrorama, né? ferrorama (Edmundo)...Era brincadeira, metrô calça-curta, ferrorama...Hoje não, o baiano pode ser orgulhar. Nós teremos o segundo ou o terceiro maior metrô do país – o primeiro é o da cidade de São Paulo - e chegaremos em 2017, final de 2017, a 41 KM de metrô. Sexta-feira, dia 13, nove horas da manhã, inauguração com o Ministro das Cidades, e em dezembro com a presidenta Dilma!

Edmundo Filho:
O senhor começou a semana e fecha a semana no interior entregando obras e serviços, né?

Rui Costa:
Sábado estaremos em Bom Jesus da Lapa fazendo a entrega do distrito integrado de segurança pública. Equipamento importante porque ele reúne em um módulo a Policia Militar e no outro módulo a Policia Civil, lado a lado trabalhando junto pela segurança pública. E sábado, te encontro lá na Lapa, essa terra maravilhosa de uma energia positiva e com certeza vai ser um momento bonito onde nós vamos falar não só de segurança, mas falar de educação, e reencontrar aquele povo maravilhoso. 

Edmundo:
Destacar também a sua ida a Brasília...

Rui Costa:
É, nesta terça-feira eu estou em Brasília conversando com o ministro de minas e energia para conversar sobre a questão do Pólo Petroquímico, do preço da nafta, e a necessidade da Petrobras chegar a um acordo com as empresas para o fornecimento da nafta para que nós possamos atrair novas empresas aqui para a Bahia e consolidar os investimentos. Tudo que nós precisamos nesse momento é mais investimento, mais geração de emprego e melhoria da qualidade de vida das pessoas. 

Edmundo Filho:
Governador Rui Costa mais uma vez obrigado pela participação, é sempre um prazer a gente bater esse papo semanalmente. Você também pode participar com a gente, entre em nosso blog “Digaí, Governador”, na página da Secom, secom.ba.gov.br. Participe, dê a sua sugestão, faça a sua critica, venha fazer o “Digaí, Governador” também com a sua participação. Governador, obrigado e até o nosso próximo encontro.

Rui Costa:
Eu que agradeço e desejo a todos uma ótima semana. Muita paz, muita fé em Deus. Forte abraço!


DIGAÍ SEU COMENTÁRIO:


Deixe sua mensagem
Seu nome
Seu e-mail
Cidade
Mensagem
Digite o código ao lado *
Captcha Image Carregar outra imagem


Voltar    Imprimir Página