• mapa de mídias
  • Investimentos na região sisaleira
  • Sei Bahia

Blog do Programa Digaí, Governador!

Digaí

Digaí, Governador! - Programa #28 - 29/09/2015


A presidente Dilma Rousseff estará em Barreiras, nesta sexta-feira (2 de outubro), para entregar, simbolicamente e por meio de videoconferência, também para os municípios de Campo Formoso, Feira de Santana, Dias D’Ávila e Irecê, 3,2 mil unidades do programa Minha Casa, Minha Vida. Rui Costa divulgou a notícia no programa Digaí, Governador! desta semana.

“[É] algo extraordinário na Bahia, totalizando e consagrando um investimento de R$ 200 milhões em habitação. Portanto, essas famílias passarão a dizer, a partir de sexta-feira, ‘esta casa é minha’, [...] passarão a ter segurança, conseguindo planejar melhor a vida dos seus filhos e de seus netos”, afirma Rui.

O governador diz que a Bahia se destacou no programa Minha Casa, Minha Vida 1 e no Minha Casa, Minha Vida 2 como o estado que mais conseguiu contratar e executar habitações pelo programa. Segundo ele, até o final do ano, a presidente deve começar o Minha Casa, Minha Vida 3 e a Bahia também deve estar na liderança, construindo casa em diversas cidades baianas.


LEIA, NA ÍNTEGRA, O TEXTO DA 28ª EDIÇÃO DO PROGRAMA "DIGAÍ, GOVERNADOR!"

“Por onde eu passo, as pessoas estão na expectativa porque se muitas famílias foram atendidas, outras tantas esperam a chegada do programa para, finalmente, realizar esse grande sonho. [Somente] quem morou de favor, de aluguel ou numa casa sem a dignidade que o ser humano merece, sabe a importância de ter uma casa de qualidade, uma casa própria que dê segurança às famílias, para que elas possam tocar suas vidas e planejar a educação e o cuidado das suas crianças”, avalia o governador.

Nesta edição do Digaí, Governador!, Rui também fala dos investimentos em cultura. Todos podem participar do Digaí, Governador! na página da Secom. Os cidadãos podem fazer críticas, sugestões e apresentar ideias. O programa é produzido pela Secretaria de Comunicação Social (Secom), veiculado toda terça-feira, pela Rádio Educadora FM 107,5 MHz e reproduzido por vários veículos de comunicação. Está disponível na internet e pelo telefone 0800-071-7328.

Ouça o programa abaixo!



Edmundo Filho:
Olá! Eu sou Edmundo Filho, e você confere, a partir de agora, mais uma edição de nosso encontro semanal com o governador Rui Costa, em um mês especial, o mês de outubro, dedicado cultura, mas antes falando visita da presidente Dilma Rousseff à cidade de Barreiras, no oeste baiano, na próxima sexta-feira, para um evento ao vivo e simultâneo com outras quatro cidades, do Minha Casa, Minha Vida. Tudo bem, governador?

Governador Rui Costa:
Tudo bem. Nossa presidente chegará em Barreiras. Simbolicamente, irá fazer inauguração. Transmitindo ao vivo para as cidades: Barreiras, Campo Formoso, Irecê, Dias D’Ávila e Feira de Santana. São 3.200 unidades, Edmundo, algo extraordinário na Bahia, totalizando e consagrando um investimento de R$ 200 milhões em habitação. Portanto, essas famílias passarão a dizer, a partir de sexta-feira, ‘esta casa é minha’. Portanto, passarão a ter segurança, conseguindo planejar melhor a vida dos seus filhos e de seus netos. A Bahia se destacou, Edmundo, no Minha Casa, Minha Vida 1 e no Minha Casa, Minha Vida 2 como o Estado que mais conseguiu contratar e executar habitações do Minha Casa, Minha Vida. Até o final do ano, a presidenta deve começar o Minha Casa, Minha Vida 3 e a Bahia também quer estar na liderança, levando casa para diversas cidades baianas. E por onde eu passo, Edmundo, as pessoas estão na expectativa porque se muitas famílias foram atendidas, outras tantas esperam a chegada do programa para, finalmente, realizar esse grande sonho. Só quem morou de favor, quem morou de aluguel ou quem morou numa casa sem a dignidade que o ser humano merece, sabe a importância de ter uma casa de qualidade, uma casa própria que dê segurança às famílias, para que elas possam tocar suas vidas e planejar a educação e o cuidado das suas crianças.

Edmundo:
O senhor quando se refere a moradia, a lar, sempre faz uma associação de família, educação e cultura. E esse mês a Bahia vive um momento especial, digamos assim, no âmbito da cultura?

Rui Costa:
Olhe, eu diria que a cultura pulsa e bate no coração de cada baiano, de cada baiana. Esse mês de outubro nós teremos um mês especial para a cultura, a começar em Vitória da Conquista com uma programação vasta e que nós teremos logo no início do mês essa programação na 3ª maior cidade do nosso Estado e que, a cada dia, se consagra com várias atividades culturais e nós iremos, nos próximos dias... Eu conversei com o secretário de Cultura [Jorge Portugal], reabrir o Centro Cultural de Vitória da Conquista para possibilitar novas atividades culturais nessa cidade, que mostra muita energia, muita força e um povo brilhante e que tem mostrado, e demonstrado, cada vez mais, a força também dessa população, não só para realizar atividades culturais, mas também para despertar talentos para o nosso Estado.

Edmundo:
Aliás, a Bahia é conhecida pela sua diversidade. Não por acaso o Festival de Lençóis também é sucesso, não é, governador, e acontece também nesse mês de outubro.

Rui Costa:
Ah sim. E ali um charme todo especial, o charme da Chapada, todo encanto e a reflexão que ela provoca em cada um nós. Quem já foi na Chapada, sabe que ao pisar os pés lá, você faz uma reflexão da dimensão da vida. Quem vai ali, volta sempre muito impactado, e agora, com o Festival de Lençóis, mais ainda, que já ficou consagrado e já é lembrado no País inteiro.

Edmundo:
E é bom frisar a importância de uma cidade histórica, como Cachoeira, se inserindo nesse papel cultural de divulgação das nossas manifestações, com a Flica, que também entrou no calendário nacional e internacional.

Rui Costa:
É. E graças a Deus a força do povo do Recôncavo expressa nessa belíssima cidade que é Cachoeira, confirma a diversidade da cultura nossa. Então, esse espetáculo: a amostra literária da Flica, ela vai consagrando Cachoeira como a referência cultual e literária, não só da Bahia, do País inteiro, e nós estamos estimulando, Edmundo, que os jovens que serão finalistas da turnê estadual da cultura, eles já participem da Flica em Cachoeira. Eu pedi a Secretaria de Educação que reúna esses jovens e viabilize a participação deles nos dias da atividade literária que vai acontecer em Cachoeira. Isso é importante. Quem sabe nós teremos alguns desses jovens entrando para a nossa história... brilhando aí (Edmundo) ... Brilhando no mundo das letras, não é?

Edmundo:
Agora é bom frisar, governador, que esse movimento cultural que pulsa na Bahia, também é resultado nos últimos anos de um investimento importante do Estado, que é o FazCultura, que completa 10 anos fomentando, não só por meio do patrocínio, mas também dos editais, dos incentivos que são produzidos a partir dessa iniciativa de governo. [Onde se lê FazCultura, leia Fundo de Cultura, que financia e apoia projetos culturais da sociedade civil, importantes para a cultura do estado]. 

Rui Costa:
Com certeza! E eu destacaria, Edmundo, além do volume de recursos, a transparência e a democratização do acesso. Então, com editais, você garante que não aquela história do ‘quem indiciou’, do padrinho do recurso; você garante o acesso a todos que tenham bons projetos, você garante capilaridade no conjunto do Estado para que todos possam acessar este recurso, e também, Edmundo, eu tenho destacado que nós vamos aportar e estamos já aportando recursos que nem são originários da cultura, mas que são, por exemplo, do Fundo de Combate a Pobreza, para estimular a atividade cultual nas áreas mais vulneráveis do nosso Estado.

Edmundo:
Governador Rui Costa, mais uma vez obrigado por sua participação em nosso programa. Você também pode participar com a gente, entre em nosso blog Digaí, Governador! na página secom.ba.gov.br. Governador, obrigado e até a nossa próxima oportunidade, desta vez no exterior, em sua primeira viagem de trabalho ao exterior. Um abraço.

Rui Costa:
A próxima será por telefone, já que eu estarei viajando domingo, Edmundo, e volto no dia 16. Espero trazer na bagagem muitos compromissos de empresários e de empresas, de investidores para levar mais empregos para os baianos. É essa a minha obsessão, para dar mais dignidade às famílias da Bahia.


DIGAÍ SEU COMENTÁRIO:


Deixe sua mensagem
Seu nome
Seu e-mail
Cidade
Mensagem
Digite o código ao lado *
Captcha Image Carregar outra imagem


Voltar    Imprimir Página