• Prêmio de boias práticas 2017
  • Partiu Estágio
  • Novs sedes e visturas reforçam segurança no Sudoeste
  • Investimentos na região sisaleira

Blog do Programa Digaí, Governador!

Digaí

Digaí, Governador! - Programa #26 - 09/09/2015


A interatividade é o destaque desta semana do programa ‘Digaí, Governador!’. “As vezes eu sei que um problema está acontecendo no governo primeiro pela rede social. [...] Eu imediatamente copio a mensagem e já envio para o secretário. Às vezes 5h da manhã o secretário já está recebendo uma mensagem, e já vai com a pauta pronta. Então eu copio e transmito para que o secretário a partir dali já tome as providências”, afirma o governador Rui Costa explicando como se dá o despacho pelas redes sociais.

Ainda sobre as redes sociais, Rui fala da nova ferramenta de comunicação do Twitter, o Periscope, através do qual ele interagiu com a professora da rede estadual Ceiça de Moraes. “Você que me acompanha no Twitter, no Instagram ou no Face, vê que, às vezes 5h da manhã, quando eu estou acordando, ou de noite antes de dormir, eu dou uma olhada nas redes sociais e respondo. Eu entendo que serve como uma referência do que está acontecendo, e serve também como uma espécie de ouvidoria”, informa Rui à professora.

Nesta edição, Rui fala ainda sobre os consórcios municipais para recuperação de estradas, das obras de contenção de encostas e do crescimento da indústria baiana. “No mês de junho o resultado foi positivo em 3%, em julho nós já estamos no patamar de 5%, e, portanto, em dois meses eu tive um resultado aí positivo de 8%. [...] São dois sinais positivos seguidos, ou seja, a economia começa a dar os primeiros sinais de que vai se recuperar e nós vamos voltar a crescer, gerando emprego para os baianos e para os brasileiros”, avalia o governador.



LEIA, NA ÍNTEGRA, O TEXTO DA 26ª EDIÇÃO DO PROGRAMA "DIGAÍ, GOVERNADOR!"


Consórcios municipais

Sobre os consórcios municipais para recuperação de estradas, o governador afirma que é uma nova ferramenta de gestão que vai resultar em estradas mais conservadas e em otimização dos recursos do Estado. “Nós acertamos com três consórcios no dia de hoje. Eu pretendo chamar os outros nos próximos dias. Eu digo sempre assim, o prefeito, o vereador, são quem primeiro sabe quando apareceu um buraco na estrada, porque ele está usando a estrada todo dia”.

Rui esteve reunido com os prefeitos de Serrinha, Osni Cardoso, e de Lafayete Coutinho, Zé Cocar. “Uma estrada, quando você tapa o primeiro buraco, vai durar muito tempo. E se você não atua rapidamente, pode se perder um investimento de valor muito alto. Por isso, nós estamos descentralizando e fazendo essa parceria com consórcios. Vamos transferir o recurso para que nós tenhamos nossas estradas conservadas”.

Ouça o programa abaixo!



Contenções de encostas

Rui destacou o avanço do plano de contenção de encostas em Salvador, que hoje recebeu mais obras, com a visita do ministro Gilberto Occhi. “Hoje, temos contratados ou a iniciar, com esse que foi anunciado agora, um total de R$ 250 milhões, executados pelo Governo do Estado e pela prefeitura de Salvador, numa parceria com o governo federal, para proteger vidas e, portanto, dar um sono tranquilo às pessoas que moram em lugar de risco”.

Esta edição foi transmitida ao vivo pelo periscope, ferramenta do Twitter que permite a transmissão ao vivo de vídeo.

Todos podem participar do Digaí, Governador! na página da Secom. Os cidadãos podem fazer críticas, sugestões e apresentar ideias. O programa Digaí, Governador! é produzido pela Secretaria de Comunicação Social (Secom), veiculado toda terça-feira, pela Rádio Educadora FM 107,5 MHz e reproduzido por vários veículos de comunicação. Está disponível na internet e pelo telefone 0800-071-7328.


Edmundo Filho:

Olá, eu sou Edmundo Filho e a partir de agora você confere mais uma edição do nosso encontro semanal com o governador Rui Costa. Governador, tudo bem? O senhor começou a semana discutindo com os prefeitos investimentos nos consórcios intermunicipais para recuperação de estradas. Tudo bem, governador?


Governador Rui Costa:

Tudo bom, Edmundo. O objetivo é usar o instrumento do consórcio, parceria do governo do Estado com a prefeitura. É uma nova ferramenta de gestão e essa parceria, com certeza, vai resultar em estradas mais conservadas e em otimização dos recursos do Estado. Então, nós acertamos com três consórcios no dia de hoje. Eu pretendo chamar os outros nos próximos dias. Eu digo sempre assim, Edmundo, o prefeito, o vereador, ele é primeiro que sabe quando apareceu um buraco na estrada, porque ele está usando a estrada todo dia. E uma estrada...


Edmundo:

Tem o contato mais direto com a população, como destacaram aqui o Osni Cardoso, de Serrinha, e o Zé Cocar, de Lafayete Coutinho.


Rui Costa:

Então, uma estrada, quando você tapa o primeiro buraco, ela vai durar muito tempo. E se você não atua rapidamente, aquilo pode se perder um investimento de um valor muito alto. Por isso, nós estamos descentralizando e fazendo essa parceria com consórcios. Vamos transferir o recurso para que nós tenhamos nossas estradas conservadas.


Edmundo:

E outra boa notícia, também, para Salvador, desta vez, é em relação ao plano de contenção de encostas, em Salvador, hoje, com a visita do ministro Gilberto Occhi. Investimento chegando, governador. Vamos acompanhar aqui alguns depoimentos, do Florisvaldo Andrade, da Oswaldina Freitas, da Francineide Carvalho e da senhora Lídia dos Santos. Vamos acompanhar.


Florisvaldo Andrade: Nos dias de chuva, eu puxava um fio de dentro da minha casa, de dentro da grade, para ficar pendurado aqui no pé de manga, o fio, para clarear, a lâmpada clareando, que era para eu ver a situação que estava aqui para dar tempo minha filha e meu genro e meu netinho e a mim mesmo sair correndo daqui.


Oswaldina Freitas: A gente ficava com medo, né? Querendo sair porque a água invadia as casas, até no telhado aqui da casa da vizinha aqui também entrava direto. E a gente só pensava em sair. E a gente chorava muito, né, Francineide? Chorando, chorando, chorando.


Francineide Carvalho: Ah, em nome de Jesus, a expectativa é que melhore, né, que a gente durma em paz, acorde em paz.


Lídia dos Santos: Olhar para o canto e não ver a enxurrada descer aqui desse jeito, acabando com tudo, para mim é a maior alegria na vida.


Rui Costa:

Olhe, eu acho que vocês estão absolutamente corretos, porque eu vivi até os vinte e poucos anos de idade numa encosta lá no São Domingos, na Major Cunha Matos, e sei a apreensão, a preocupação, o sofrimento das famílias, das pessoas que vivem nas encostas. Quando chove muito, quando faz um barulho diferente de noite, todo mundo já sai para a porta da rua, correndo, com seus filhos no braço, na expectativa de que esteja ocorrendo algum desabamento. Nós temos priorizado esse investimento. E, Edmundo, eu quero aqui dar um depoimento e meu agradecimento, como governador da Bahia, a nossa presidenta Dilma Rousseff. Ela tem uma sensibilidade grande. Hoje, temos contratado ou a iniciar, com esse que foi anunciado agora, um total de 250 milhões [de Reais]. 250 milhões! Executados pelo governo do Estado e pela prefeitura de Salvador, numa parceria com o governo federal, para proteger vidas e, portanto, dar um sono tranquilo às pessoas que moram em lugar de risco, porque não tem proteção e, com essas obras, o lugar fica seguro para que as famílias possam viver e passar os dias de chuva sem sobressaltos, sem medo de perder algum ente querido.


Edmundo:

O Digaí Governador também é transmitido pelo Periscope. Essa semana, a participação interativa, cada vez mais intensa também dos nossos internautas no blog Digaí Governador!, veio o destaque da Sra. Ceiça de Moraes, professora da rede estadual de ensino, e destacou essa sua abertura para falar com os baianos, governador.


Rui Costa:

Olhe Ceiça, eu quero lhe mandar um abraço. Eu, de fato, participo no celular. Evidente, durante o dia, mais complicado durante a agenda, mas você que me acompanha no Twitter, no Instagram ou no Face, vê que, as vezes, cinco da manhã, cinco e meia, seis horas da manhã, quando eu estou acordando, ou de noite, antes de dormir, eu dou uma olhada nas redes sociais, respondo. Eu entendo que serve como uma referência do que está acontecendo, e serve também como uma espécie de ouvidoria. As vezes eu sei de um problema que está acontecendo no governo, primeiro, pela rede social, porque a pessoa que acompanha, manda o recado, manda a pergunta, manda a reivindicação, ou mesmo uma reclamação, e eu, imediatamente, já copio a mensagem que eu recebo e já envio para o secretário, as vezes cinco da manhã o secretário está recebendo uma mensagem, e já vai com a pauta pronta, então eu já copio e transmito para que o secretário, a partir dali, já tome as providências.



Edmundo:

Governador, apesar desse momento de crise econômica, a Bahia dá sinais de que os bons ventos estão aí fazendo com que a nossa produção industrial traga boas notícias também para o nosso povo, gerando emprego, gerando renda?


Rui Costa:

Ah sim! Eu sou otimista por natureza. Com trabalho, com determinação, a gente supera as dificuldades. Nos últimos dois meses na Bahia o resultado industrial foi positivo, no mês de junho o resultado foi positivo em 3%, em julho nós já estamos no patamar de 5%, e, portanto, em dois meses eu tive um resultado aí positivo de 8%. No ano ainda é um resultado negativo, mas são dois sinais positivos seguidos, talvez seja a luz no final do túnel, ou seja, a recuperação começa a dar os primeiros sinais de que a economia vai se recuperar e nós vamos voltar a crescer, gerar emprego para os baianos e para os brasileiros.


Edmundo:

É o que todos nós torcemos, governador. Mais uma vez obrigado a você que também faz o programa com a gente. Governador Rui Costa, mais uma vez obrigado pela participação e até o nosso próximo encontro.


Rui Costa:

Olha, eu agradeço e quero agradecer a você, que está sempre ligado no Digaí, Governador, e também está acompanhando as redes sociais. Pode ter certeza, eu estou ligado, acompanho, não consigo responder todas pessoalmente, mas vejo e cobro o acompanhamento dessas demandas e dessas intervenções dos nossos amigos e amigas que estão em todas as redes sociais acompanhando, eu diria, seja parabenizando ou seja cobrando alguma ação do governo. Muito obrigado, e vamos continuar aqui muito próximo fazendo um governo participativo: no contato pessoal e no contato via as redes sociais. Um forte abraço, e até a próxima.


DIGAÍ SEU COMENTÁRIO:


Nome:  Ceiça Moraes
E-mail:  ceycamoraes@gmail.com
Cidade:  Salvador
Enviado em:  10/09/2015 23:33
Mensagem:   Boa Noite, Governador Rui Costa! Vi agora que foi citado o meu comentário no "Digaí"! Obrigada pela atenção! Bem, como o espaço é aberto à sociedade e seus anseios gostaria de solicitar, em nome dos professores estaduais, a Revisão do nosso Plano de Carreira (assim que possível), pois este se encontra esquecido e "engavetado" pelos governos anteriores. Em tempo, quero convidá-lo para visitar o Colégio Estadual Luis Eduardo Magalhães, no Bairro Arenoso/imediações do Tancredo Neves, onde leciono nos turnos: manhã e noite (Ens.Fundamental e Médio e no Projovem). Nesta Unidade Escolar, infelizmente o turno vespertino fechou, tendo funcionado apenas um ano o Tempo Integral, no entanto, é um desejo dos professores que este projeto retorne.Estamos formalizando este pedido junto à Sec e nos preparando, desde já, para atendermos aos estudantes em Tempo Integral na escola, da melhor forma possível. Antecipo meus agradecimentos e, claro, retribuo o abraço ao Senhor Governador. Cordiais Saudações. Ceiça Moraes

Deixe sua mensagem
Seu nome
Seu e-mail
Cidade
Mensagem
Digite o código ao lado *
Captcha Image Carregar outra imagem


Voltar    Imprimir Página