• mapa de mídias
  • Novs sedes e visturas reforçam segurança no Sudoeste
  • Investimentos na região sisaleira

Blog do Programa Digaí, Governador!

Digaí

Digaí, Governador! - Programa #25 - 01/09/2015


Esta semana o governador Rui Costa determinou que o Estado deve ampliar o uso da força contra a criminalidade na Bahia. A explicação de como e porque Rui tomou esta decisão está no programa ‘Digaí Governador’, que já está no ar.

“Até o mês de julho, e agosto deve manter isso, conseguimos reduzir, em todas as regiões do Estado, o número de homicídios, comparado com o ano de 2014. Mas, os últimos acontecimentos aqui em Salvador e em algumas cidades do interior, acenderam a luz amarela, para que nós possamos intensificar as ações de prevenção e de repressão, para não permitir que o número de homicídios cresça”, afirma o governador.

Ainda nesta edição do Digaí, o governador fala sobre ações na área de cultura, por meio de editais e outras iniciativas, que estão fomentando artistas baianos e passarão a levar diversas linguagens, como o cinema e o teatro, para as escolas baianas. Rui fala ainda das comemorações do 7 de Setembro e da promulgação da Constituição Cidadã. “Olhe, a democracia é um valor. Um valor não do ponto de vista eleitoral, mas um valor enquanto estrutura que organiza uma sociedade. Ou seja, é a compreensão que as pessoas que compõem essa sociedade têm que ser ouvidas”.



LEIA, NA ÍNTEGRA, O TEXTO DA 25ª EDIÇÃO DO PROGRAMA "DIGAÍ, GOVERNADOR!"


Quanto à segurança Rui destaca que está reforçando o contingente de policiais. “Eu convoquei dois mil aprovados no concurso da PM, e 943 aprovados no concurso da Polícia Civil. Essa turma está em treinamento, e até dezembro eles vão reforçar o contingente de policiais”. Segundo ele, os policiais também serão beneficiados, recebendo hora extra, porque o contingente de policiais é limitado.

O governador ressalta a importância da família para se evitar a criminalidade e faz um apelo aos cidadãos: “Quero pedir a você, que está me ouvindo, a polícia tem um papel que é reprimir, prender. Agora, para prevenir, só a família. Só a educação, só a cultura pode prevenir”.

Rui avalia que é preciso o envolvimento de todo mundo. “É do pai, da mãe, do tio, do avô, do vizinho, do padrinho, da madrinha, do padre, do pastor, enfim, todos nós devemos colocar o valor da vida acima de tudo. [...] E, portanto, o nosso povo tem a tarefa de mudar essa realidade e transformar em esperança, em alegria, em construção de um futuro, essa meninada que está aí, para não deixar os nossos filhos e os nossos netos se perderem”.

Ouça o programa abaixo!



Cultura

O governador fala, nesta edição, sobre os editais lançados nesta terça-feira, para projetos culturais em todo o Estado da Bahia, no valor total de R$ 15 milhões. “Este recurso é uma parte de todo o investimento na área cultural. Mas nós estamos também aplicando recursos da área social, do Fundo de Combate à Pobreza para a inclusão social nas comunidades mais vulneráveis, para que os jovens possam ser incluídos socialmente pela arte, pela cultura e, por isso, nós estamos financiando vários projetos”.

Rui faz um desafio ao secretário da Cultura, Jorge Portugal. “Os projetos Cinema na Escola e Teatro na Escola, aberto para toda comunidade. Por quê? Porque em muitas cidades, ou muitas comunidades, o único equipamento que tem [e que pode ser uma sala de cinema] é o auditório ou uma sala de escola [...] porque a escola ela pertence à comunidade, portanto, tem que servir as pessoas e, nada melhor do que servir com arte, cultura, cinema, teatro. É esse nosso desafio. Eu pedi tanto a [Osvaldo] Barreto, secretário de Educação, como a Jorge Portugal, que formatem um projeto no prazo de 30 dias e me apresentem”.

Democracia e participação popular

Rui relacionou o 7 de Setembro e a promulgação da Constituição Cidadã à democracia e à participação popular. “As pessoas devem ser ouvidas não só no período eleitoral, mas ouvidas de forma cotidiana. E, para isso, nós temos uma estrutura em nosso governo de formação de alguns conselhos e também de plenárias e conferências nas mais diversas áreas. É uma forma de chamar a sociedade também a participar no seu cotidiano, na deliberação das políticas públicas, e não só de dois em dois anos, no período eleitoral. Isso é importante, muito importante, mas eu considero que tem os elementos da participação direta da sociedade, que também são elementos fundamentais”.

Esta edição foi transmitida ao vivo pelo periscope, ferramenta do Twitter que permite a transmissão ao vivo de vídeo.

Todos podem participar do Digaí, Governador! na página da Secom. Os cidadãos podem fazer críticas, sugestões e apresentar ideias. O programa Digaí, Governador! é produzido pela Secretaria de Comunicação Social (Secom), veiculado toda terça-feira, pela Rádio Educadora FM 107,5 MHz e reproduzido por vários veículos de comunicação. Está disponível na internet e pelo telefone 0800-071-7328.

Edmundo Filho:
Olá, eu sou Edmundo Filho. E a partir de agora você participa com a gente de mais um encontro com o governador Rui Costa, em uma semana que traz boas notícias para a cultura baiana. Tudo bem, governador?

Rui Costa:
Tudo bom, Edmundo. Hoje lançamos o edital para projetos culturais em todo o Estado da Bahia, no valor total de R$ 15 milhões. Eu disse hoje que este recurso é uma parte de todo o investimento na área cultural. Mas nós estamos também, Edmundo, aplicando recursos da área social, do Fundo de Combate à Pobreza para a inclusão social nas comunidades mais vulneráveis, para que os jovens possam ser incluídos socialmente pela arte, pela cultura e, por isso, nós estamos financiando vários projetos. E quero lembrar, também, que nós vamos... e hoje eu fiz um desafio ao Jorge Portugal [secretário estadual da Cultura] do projeto Cinema na Escola e Teatro na Escola, aberto para toda comunidade. Por quê? Porque em muitas cidades, Edmundo, ou muitas comunidades o único equipamento que tem é o auditório ou uma sala, que pode ser uma sala de cinema, é a escola. Então eu quero lançar um projeto onde nós possamos abrir as escolas, no final de semana, para funcionar como espaço de teatro, como espaço de sala de cinema, abrindo oportunidade de cultura, arte para todas as cidades da Bahia, porque a escola ela pertence a comunidade, portanto, tem que servir as pessoas e, nada melhor do que servir com arte, cultura, cinema, teatro. É esse nosso desafio. Eu pedi tanto a [Osvaldo] Barreto, secretário de Educação, como a Jorge Portugal, que formatem um projeto no prazo de 30 dias e me apresentem.

Edmundo:
Aliás, elementos que comungam também com esse ambiente democrático. No próximo dia 7 de setembro, se comemora a Independência do Brasil. Um pouco mais tarde, pouco mais de 20 dias, 30 dias, comemoramos a Constituição Cidadã. Qual a importância da democracia para um País como o nosso, governador?

Rui Costa
:
Olhe, a democracia é um valor. Um valor não do ponto de vista eleitoral, mas um valor enquanto estrutura que organiza uma sociedade. Ou seja, é a compreensão que as pessoas que compõem essa sociedade têm que ser ouvidas. Ouvidas não só no período eleitoral, mas ouvidas de forma cotidiana. E, para isso, nós temos uma estrutura em nosso governo de formação de alguns conselhos e também de plenárias e conferências nas mais diversas áreas. É uma forma de chamar a sociedade também a participar no seu cotidiano, na deliberação das políticas públicas, e não só de 2 em 2 anos, no período eleitoral. Isso é importante, muito importante, mas eu considero que tem os elementos da participação direta da sociedade, que também são elementos fundamentais.

Edmundo:
Governador, essa semana o senhor tomou uma decisão significativa, determinar as ações militares e civis... as operações policiais, o maior engajamento e maior força, o maior emprego da força contra a criminalidade. O que motivou aí essa decisão? Isso já estava em seu planejamento?

Rui Costa:
Edmundo, nós tomamos uma iniciativa de reforçar o contingente de policiais. Eu convoquei dois mil aprovados no concurso da PM, e 943 aprovados no concurso da Polícia Civil. Essa turma está em treinamento, e até dezembro eles vão reforçar o contingente de policiais. Nós, até aqui, até o mês de julho, e agosto deve manter isso, conseguimos reduzir, em todas as regiões do Estado, o número de homicídios, comparado com o ano de 2014. Mas, os últimos acontecimentos aqui em Salvador e em algumas cidades do interior, acendeu a luz amarela, para que nós possamos intensificar as ações de prevenção e de repressão, para não permitir que o número de homicídios cresça. E, portanto, as ações policiais vão ser reforçadas com hora extra, porque o contingente de policiais é limitado, mas eu quero também reforçar, eu diria, o sentimento de que todos nós devemos nos engajar, Edmundo... esse é um pedido que eu faço a todas as pessoas, e quero pedir a você, que está me ouvindo, a polícia tem um papel que é reprimir, prender. Agora, para prevenir, só a família. Só a educação, só a cultura pode prevenir. Não tem nada que me deixe tão triste, como eu fiquei neste final de semana, de ver uma jovem de 22 anos perder a sua vida, ou mesmo ver quatro crianças, uma de dez, outra de onze, outra de doze e de treze anos, com revólver na mão assaltando ônibus. Então, isso mostra que há um problema muito grave na nossa sociedade, e nós precisamos reverter isso, e para evitar que crianças de dez, de onze anos, coloquem uma arma na mão, não é a polícia que vai evitar isso...

Edmundo:
É o envolvimento de todos nós, não é governador?

Rui Costa:
É o envolvimento de todo mundo! É do pai, da mãe, do tio, do avô, do vizinho, do padrinho, da madrinha, do padre, do pastor, enfim, de todos nós colocarmos o valor da vida acima de tudo. As pessoas são reconhecidas pelo ter, pelo tênis, pelo celular, pelo tipo de carro. E nós precisamos inverter isso, substituir as pessoas pelo que elas são, na sua alma, na sua espiritualidade, apontar um horizonte de esperança para a nossa juventude. É esse o nosso sonho, o nosso pedido para que haja um envolvimento da sociedade. E, portanto, o nosso povo tem a tarefa de mudar essa realidade e transformar em esperança, em alegria, em construção de um futuro, essa meninada que está aí, para não deixar os nossos filhos e os nossos netos se perderem.

Edmundo:
Você pode participar também com a gene do Digaí, Governador!, na nossa página secom.ba.gov.br. Participe! Dê a sua sugestão, a sua crítica, venha fazer o programa com a gente. Governador Rui Costa, mais uma vez obrigado pela participação em nosso programa, e até o nosso próximo encontro. Um abraço!

Rui Costa:
Um abraço, Edmundo. Um abraço a vocês e um abraço da turma aí do twitter, que está acompanhando pela primeira vez, pelo periscópi, e ele fica insistindo para eu falar em periscópi, mas é no twitter também...

Edmundo:
Dá na mesma plataforma!...

Rui Costa:
Dá na mesma plataforma. Um abraço, e até a próxima.


DIGAÍ SEU COMENTÁRIO:


Nome:  Yoji Silva Ikuta
E-mail:  yojipsd@hotmail.com
Cidade:  Una- Bahia
Enviado em:  05/09/2015 22:19
Mensagem:  Boa noite governador. Governador o senhor estará presente no festival do Mangostin na cidade de Una nos dias 30,31 de outubro e dia 1 de novembro. Esperamos o senhor aqui, para que possa saborear essa fruta deliciosa do Sul da Bahia que nos japoneses cultivamos no distrito de Colônia na cidade de Una. Nos Unenses esperamos o senhor aqui, abraços e que Deus possa abençoa a família de vossa excelência. Yoji Ikuta

Nome:  Ceiça Moraes
E-mail:  ceycamoraes@gmail.com
Cidade:  Salvador
Enviado em:  05/09/2015 00:19
Mensagem:   Achei muito importante esta interação do Governador Rui Costa com a sociedade baiana, através deste programa "Digaí Governador"!Gostei!! Sou professora da Rede Estadual, tenho acompanhado as ações do governo e acredito que Rui irá fazer a diferença na Bahia!! Saudações.

Nome:  Sandro Bastos
E-mail:  sandrobastos40@hotmail.com
Cidade:  Itaberaba
Enviado em:  03/09/2015 07:49
Mensagem:  Sr. Governador, existem policiais civis formados, prontos para trabalhar e que ainda não foram nomeados, por favor, olhe para estes pais de família que sonharam um sonho, e agora sofrem com esta ansiedade, estamos aptos para trabalhar desde janeiro de 2015, quando ocorreu a formatura da última turma. O Senhor tem se preocupado com a segurança em nosso estado, olhe para nós, queremos ajudar a Bahia nesta grande empreitada, Obrigado!

Deixe sua mensagem
Seu nome
Seu e-mail
Cidade
Mensagem
Digite o código ao lado *
Captcha Image Carregar outra imagem


Voltar    Imprimir Página