• Novs sedes e visturas reforçam segurança no Sudoeste
  • Investimentos na região sisaleira

Blog do Programa Digaí, Governador!

Digaí

Digaí, Governador! - Programa #12 - 19/05/2015



O investimento da China, no valor de US$ 50 bilhões, para aplicação em infraestrutura e novos negócios é um dos assuntos em destaque desta semana do Digaí, Governador!. Ainda no programa, Rui Costa fala sobre a entrega de moradias do programa Minha Casa, Minha Vida, em Irecê, no centro norte da Bahia, por meio de parceria com o governo federal. O governador também anuncia a inauguração de estradas na região sudoeste no sábado (23) e a reunião de governadores com o Senado, na quarta (20), em Brasília, quando estará em debate o pacto federativo. Ouça o programa abaixo e confira o texto da entrevista na íntegra.





Assista ao vídeo do programa:




Edmundo Filho:
Olá! Tudo bem? Eu sou Edmundo Filho e este é o nosso encontro semanal com o governador Rui Costa.

Edmundo Filho:
Governador Rui Costa, é com alegria e satisfação que voltamos a conversar, em uma semana em que o senhor recebe uma missão chinesa, em busca de investimentos para a Bahia. Tudo bem, governador?

Rui Costa:
Tudo bem. Nós temos hoje no Brasil uma missão de chineses dialogando com o governo federal um investimento de 50 bilhões de um fundo, onde isso deve ser transformado em investimento em infraestrutura e novos negócios da China no Brasil. E nós recebemos, nesta segunda-feira, essa missão chinesa, onde nós vamos disputar esses recursos com projetos estruturantes no Estado da Bahia. Então, eu apresentei o projeto da ponte Salvador-Itaparica, o projeto Porto Sul e investimentos em infraestrutura logística no Estado, a exemplo de rodovias e aeroportos novos, que nós precisamos construir. Vamos construir em parceria público-privado, assim como investimentos no oeste para produtores de leite e também a área mineral. São áreas de interesse dos chineses e nós esperamos desdobrar esse diálogo, para que possamos transformar em investimentos aqui no Estado, como nós temos hoje no oeste com a esmagadora de grãos para a produção de óleo, feita por chineses.

Confira, abaixo, as fotos da visita da missão chinesa ao governador Rui Costa:




Edmundo Filho:

Governador, a Bahia tem a maior população rural do País. É nessa perspectiva, também, que há mais chance de atrair novos investimentos?

Rui Costa:
Há sim. Nesta segunda-feira, nós estivemos inaugurando a nova agência do BNB, em Lauro de Freitas, e, também, fizemos uma parceria para aumentar a capilaridade, aumentar a assistência aos agricultores familiares. Afinal de contas, a Bahia é o Estado com o maior número de agricultores familiares do País. São 600 mil agricultores familiares e elevar a renda dessas famílias, elevar a produtividade é a nossa meta, para, com isso, dinamizar e trazer os efeitos também para o comércio no interior do Estado. Produzindo mais, comercializando mais, a renda melhora para todos! As pessoas no campo, e as pessoas da cidade.

Edmundo:
É nessa linha que o secretário de Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues, fala do impacto da produção de alimentos vindos da agricultura familiar. Vamos acompanhar aqui governador?

Jerônimo Rodrigues:
A Secretaria de Desenvolvimento Rural vem, justamente, organizar as políticas públicas para fortalecer esses resultados. Através da assistência técnica, crédito, implantação de agroindústria e o fortalecimento na comercialização.

Rui Costa:
Jerônimo, a ideia é exatamente essa, é apostar na assistência técnica. Por isso, nós estamos introduzindo um novo modelo de assistência técnica, substituindo aquele modelo antigo, e o modelo novo de editais, remunerando quem vai prestar assistência técnica na proporção direta, ou seja, quanto melhor a vida do trabalhador, do agricultor, quanto mais crédito ele adquirir, quanto maior a sua produtividade, mais quem prestou assistência técnica compartilha desse ganho. Portanto, quem prestar assistência técnica vai compartilhar o ganho que o agricultor tiver e nós, com certeza, vamos elevar a produtividade.

Edmundo:
Governador, nós temos outra participação, agora do Franciélio Macêdo, ele é pequeno agricultor familiar na cidade de Tucano, nordeste baiano.

Franciélio Macêdo:
Essa estrutura vai nos dar condições para que a gente trabalhe de forma higienizada, para que no final o produto tenha qualidade, para que entre no mercado.

Rui Costa:
Franciélio, nós temos apoiado, inclusive, e aumentado a emissão das DAP’s, que é o documento, é como se fosse a carteira de identidade do agricultor familiar. Um investimento grande para regularização da área do agricultor, fazendo o registro ambiental, ou seja, registro da documentação das terras e, com isso, criando a possibilidade do agricultor ir ao banco e acessar o crédito do Pronaf, com subsídio, para o agricultor poder produzir e sustentar a sua família. A ideia é verticalizar a produção, industrializar, beneficiar essa produção, como na produção do umbu, por exemplo, geléias, compotas, doces, enfim. Como eu diria, o desafio a ser vencido que é melhorando a comercialização. Eu estive na última semana inaugurando um entreposto de mel, beneficiando toda região nordeste, lá no município de Tucano, com várias cooperativas envolvidas. Melhorando a produção, garantindo a comercialização, com isso, melhorando a renda do agricultor. A mesma coisa, essa semana eu vou inaugurar, em Uibaí, um laticínio voltado a agricultura familiar, para a produção de diversos produtos, com embalagens próprias, com comercialização própria. Isso ganha o agricultor e ganha a cidade também porque a renda vai ficar circulando dentro da cidade.

Edmundo:
Ainda dentro de sua agenda, mais atividades levando o desenvolvimento para o interior do Estado. É o governo mais perto das pessoas?

Rui Costa:
Há, sim. Temos inauguração do Minha Casa, Minha Vida. Mais unidades habitacionais, em uma parceria com o governo federal, na cidade de irecê. E no sábado, nós vamos para a região sudoeste, onde eu vou inaugurar novas estradas, dando maior conforto e segurança à população. E na quarta-feira nós temos uma reunião em Brasília com o Senado Federal, com os governadores, para tratar do Pacto Federativo, daquilo que interessa ao Estado da Bahia, do ponto de vista da arrecadação e da legislação. E há sempre o nosso pleito de que aqueles projetos que trazem despesas para os Estados, não sejam votados sem a correspondência na elevação da receita, porque, senão, nós estamos inviabilizando o funcionamento dos Estados e municípios em nosso País.

Edmundo Filho:
Governador Rui Costa, mais uma vez obrigado pela participação em nosso programa, e até o nosso próximo encontro. Um abraço!

Rui Costa
:
Um abraço, eu agradeço a oportunidade, e vamos continuar trabalhando firme para melhorar a vida do povo baiano.


DIGAÍ SEU COMENTÁRIO:


Nome:  Joao neto
E-mail:  jojoneto@hotmail.com
Cidade:  Feira de Santana
Enviado em:  09/12/2015 22:07
Mensagem:  Concordo

Nome:  JAIR SOUSA DOS SANTOS
E-mail:  JAIRSDSDIR@HOTMAIL.COM
Cidade:  VALENÇA- BAHIA
Enviado em:  19/05/2015 13:06
Mensagem:  GOVERNADOR BOM DIA . A RESPEITO DE VALENÇA-BA. V. EXCIA ESTE AQUI EM NOSA CIDADE ,E PROMETEU UM NOVO HOSPITAL, UMA ANEL RDOVIARIO, ALEM DA ABERTURA DA UFRB SAI AINDA NESSE ANO OU PARA O ANO. E QUE ESTAMOS PRECISANDO DE UM ABATEDOURO -FRIGIRIFICO COM ODE SANTO ANTONIO DE JESUS, O POVO ESTÃO COMENDO CARNE EM RESES MORTAS NO MATO. POR FAVOR ME RESPONDA. TBSOBRE AS ESTRADA DE VALENÇA A CAMAMU , CAIRU, E DE PRATIGI-ITUBERÁ; JAIR -VALENÇA-BAHIA

Nome:  Manoel de Evangelista
E-mail:  evangelistamanoel216@Gmail. com
Cidade:  Feira de Santana
Enviado em:  19/05/2015 12:55
Mensagem:  Nós estamos sofrendo com obras paradas. Brt, centro de convenções, viaduto noide Cerqueira, duplicaçao do anel viario, parque lagoa grande, falta de indústrias, e hospitais.

Deixe sua mensagem
Seu nome
Seu e-mail
Cidade
Mensagem
Digite o código ao lado *
Captcha Image Carregar outra imagem


Voltar    Imprimir Página