• Fato ou fake?

Educação

16/09/2020 14:10

Colégios em Paripe participam de testagem para novo coronavírus

O Colégio Estadual Barros Barreto, em Paripe, foi o local, nesta quarta-feira (16), onde ocorreram as testagens para o novo coronavírus no Subúrbio Ferroviário de Salvador. A iniciativa atendeu estudantes, professores e funcionários das comunidades escolares dos colégios estaduais Sete de Setembro e Maria Odete Pithon Raynal. A ação, desenvolvida pelo Governo do Estado, corresponde à segunda etapa de aplicação dos testes e prossegue nesta quinta-feira (17), no mesmo espaço, recebendo a comunidade da própria unidade escolar.  

O diretor Rui César Cerqueira, do Colégio Estadual Barros Barreto, explicou a preparação para recepcionar a comunidade escolar. "Promovemos todos os preparativos com total compromisso do nosso corpo de funcionários. E a resposta foi muito boa neste primeiro dia na escola, garantindo o atendimento a duas comunidades escolares de Paripe nesta importante iniciativa do Governo do Estado". 

Para Renato Santana, pai da estudante Renata Santos Santana, do 7º ano do Ensino Fundamental do Colégio Estadual Maria Odete Pithon Raynal, foi uma boa oportunidade a filha realizar a testagem na escola. "Eu e minha esposa tivemos a Covid-19, logo no começo da pandemia, e meus filhos não fizeram o teste. Por isso, é importante termos essa chance de participar desta ação do Governo do Estado. Agradeço pela comunidade de Paripe", comentou.

Segundo Daiane Silva, funcionária administrativa do Colégio Estadual Sete de Setembro, a aplicação do teste é fundamental para o controle da pandemia. "Acredito que esta iniciativa vai ajudar a escola ver quem está ou não contaminado, principalmente porque muitos são assintomáticos. Então, com esta testagem na escola, me sinto muito amparada pela SEC", destacou.

Como é feita a testagem 

A testagem, realizada em parceria entre as secretarias estaduais da Educação e da Saúde (Sesab), ocorre de forma centralizada nas escolas denominadas de polos, nos bairros do Lobato, São João do Cabrito, Plataforma, Itacaranha, Alto da Terezinha, São Tomé de Paripe, Paripe, Coutos, Fazenda Coutos, Alto de Coutos, Periperi, Mirantes de Periperi e Vista Alegre de Coutos. O objetivo é facilitar a ida dos estudantes, professores e funcionários e evitar aglomeração.

Para o atendimento, todas as unidades escolares foram preparadas com a higienização do local e disponibilização de álcool em gel e pias com sabão para a lavagem das mãos, além da exigência do uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI). Os professores e demais pessoas a serem testados deverão utilizar máscaras de proteção para o acesso aos locais. Ao entrar, todos são direcionados para a higienização correta das mãos. 

Confira o calendário:

- Também escola-polo em Paripe, o Colégio Estadual Barros Barreto atenderá, no dia 17 de setembro, a sua própria comunidade escolar. 

- Nos bairros de Coutos e Fazenda Coutos, a escola-polo Colégio Estadual Anfrisia Santiago receberá, no dia 17, a sua própria comunidade escolar. E no dia 18 de setembro, a comunidade escolar do Colégio Estadual Carlos Barros. 

- O Colégio Estadual Ana Cristina Mata Pires, escola-polo do bairro Alto de Coutos, receberá sua própria unidade escolar no dia 18 de setembro. 

- Em Periperi, as escolas receberão suas próprias comunidades escolares. No Colégio Estadual Praia Grande, a testagem será no dia 21 de setembro; no dia 22, no Colégio Estadual Nelson Mandela; já no dia 23 acontece a testagem no Colégio Estadual Nossa Senhora de Fátima. Já no Colégio Estadual Lindembergue Cardoso, os testes serão no dia 24 de setembro. 

- O Colégio Estadual Maria Anita, escola-polo do bairro Mirantes de Periperi, receberá sua própria comunidade escolar no dia 23 de setembro. 

- No Alto da Terezinha, haverá testagem apenas no Colégio Estadual Sara Violeta, que atenderá a sua própria comunidade escolar, no dia 24 de setembro. 

- Em Vista Alegre de Coutos, a escola-polo Colégio Estadual Monteiro Lobato, receberá, também, no dia 24 de setembro, sua própria comunidade escolar.

Fonte: Ascom/Secretaria da Educação

Áudio:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.