• Fato ou fake?

Desenvolvimento Rural

31/07/2020 11:50

Coordenação de Desenvolvimento Agrário compartilha experiência do uso de drones com Inema

A experiência do uso de Veículos Aéreos Não Tripulados (VANTs), popularmente conhecidos como drones, nas ações de campo dos processos de Regularização Fundiária na Bahia, foi tema de intercâmbio entre a Coordenação de Desenvolvimento Agrário (CDA), unidade da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), com a equipe do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), da Secretaria do Meio Ambiente (Sema).

A CDA/SDR adotou o uso dos drones para dar mais celeridade aos processos de Regularização Fundiária no estado da Bahia. A iniciativa integra o conjunto de estratégias e medidas adotadas para a modernização dos trabalhos desenvolvidos pela CDA.

Camilla Batista, coordenadora executiva da CDA/SDR, disse que esta troca de informações é o resultado do empenho do órgão para melhorias das suas ações: "O fato de a CDA ser exemplo para outras unidades do Estado nos motiva, para continuarmos empenhados, buscando a modernização do órgão, o que repercutirá na celeridade da conclusão dos processos de Regularização Fundiária".

Victor Fernandes, coordenador de Ação Fundiária da CDA/SDR, explicou que a CDA faz parte da comissão de órgãos de cartografia do Estado e foi convidada para coordenar um grupo de trabalho referente ao uso desses equipamentos, englobando todos os órgãos estaduais que estão utilizando ou pretendem utilizar drones: "A ideia é padronizar procedimentos, discutir as estratégias estaduais, definir padrões mínimos de contratação de serviços, de compra dos equipamentos, e a estratégia de gestão. Com o acúmulo de experiência que já temos, podemos auxiliá-los para definirem a melhor estratégia". 

Para Adriano Cassiano, subcoordenador do setor de Georreferenciamento do Inema/Sema, o intercâmbio foi enriquecedor para auxiliar na tomada de decisões: "Um encontro importante para o Inema, porque nos trouxe diversas informações, para que nós possamos amadurecer a implementação de estratégias com relação à aquisição ou até a contratação de serviços de drones. Percebemos toda sequência de procedimentos a serem adotados para que possamos ser assertivos na utilização dos drones, nas demandas do Inema. Na oportunidade, conseguimos compreender a necessária articulação institucional, uma vez que hoje a CDA é referência na utilização desta tecnologia".


Fonte: Ascom/ SDR

Áudio:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.