• Fato ou fake?

Edital

14/04/2020 18:00

Governo do Estado divulga resultado do edital para habilitar fabricantes de máscaras artesanais

Foi divulgado, nesta terça-feira (14), o resultado do edital do Governo do Estado para habilitar fabricantes de máscaras artesanais de proteção facial. No total, 603 empreendimentos foram cadastrados, em todos os 27 Territórios de Identidade da Bahia, sendo 220 associações, 33 cooperativas, 308 microempresas e 42 empresas. A lista dos empreendimentos habilitados está disponível nos sites da CAR e da SDR

A habilitação dos fabricantes das máscaras foi realizada pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), que promoveu o edital em parceria com as secretarias do Planejamento (Seplan) e de Desenvolvimento Econômico (SDE). 

O potencial de produção instalado é de 9 milhões de máscaras artesanais em 30 dias, já que nesses empreendimentos foram identificadas 6.338 máquinas de costura apropriadas a este tipo simplificado de confecção, com 9.969 costureiras e costureiros em condições de trabalharem na fabricação desse equipamento de proteção individual (EPI).

De acordo com o secretário estadual do Planejamento, Walter Pinheiro, a ação é de extrema importância para tornar o uso de máscaras mais intensivo pela população. “Com o edital, criamos uma rede de instituições, empresas e microempresas que estão habilitadas a confeccionar máscaras em todos os territórios baianos. Portanto, queremos reforçar a importância do uso de máscaras para aquelas pessoas que precisam sair de casa”, afirma. 

Para o superintendente de Atração e Desenvolvimento de Negócios da SDE, Paulo Guimarães, o edital teve um ótimo resultado, com quase 700 empreendimentos inscritos, o que permitirá a confecção de um grande número de máscaras reutilizáveis para distribuição à população e descartáveis para distribuição às unidades de saúde dos municípios baianos.  “Isto permitirá que um grande número de profissionais do setor de confecções voltem a trabalhar durante a quarentena, prestando um serviço essencial na luta contra a Covid-19". 

Catálogo eletrônico

A partir do resultado do edital, a CAR vai publicar um catálogo eletrônico com o nome do empreendimento, sua localização, contato comercial e potencial produtivo das máscaras, cujo objetivo central é disponibilizar para as Prefeituras Municipais, Consórcios Públicos e para organizadores e promotores locais e regionais de campanhas de uso das máscaras, como meio efetivo de contenção da Covid-19, como tem orientado os diversos órgãos de controle da pandemia.
 
De acordo com o diretor-presidente da CAR, Wilson Dias, com o catálogo em circulação, a expectativa é que os processos de produção de máscaras sejam mais facilitados e rápidos. “O objetivo do edital foi identificar essa rede de ofertantes, e, com o catálogo, aproximar de forma dinâmica, como o momento emergencial requer, os potenciais fornecedores dos contratantes”, destaca. 

As instituições habilitadas poderão ser contratadas por diversos órgãos e secretarias do Governo, tanto para confeccionar as máscaras, com insumos providos pelo próprio Estado (tecidos, TNT, elástico e linha), obtidos de doações de empresas, clubes e outras instituições privadas, adquiridas no atacado, ou não, com todo material de responsabilidade das próprias instituições habilitadas. 

Áudio:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.