• Fato ou fake?

Educação

14/02/2020 21:50

Governador recebe demandas de gestores de escolas de Salvador

As demandas das escolas estaduais de Salvador foram apresentadas ao governador Rui Costa e ao secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, nesta sexta-feira (14), em reunião no auditório do Instituto Anísio Teixeira (IAT). Entre os assuntos tratados estão infraestrutura, valorização do professor, pedagogia e esporte.

“Conversamos muito sobre gestão, programas, ações, sobre como motivar a melhor aprendizagem. Ensinamos e aprendemos muito aqui hoje. Quero agradecer a todos os que estiveram presentes. Na semana que vem, nós vamos completar 400 escolas visitadas, encurtando distâncias a favor da educação”, afirmou Rui.

O governador destacou que já foram publicados quase R$ 500 milhões em editais para licitação na área da educação. “Esses recursos serão investidos na melhoria da infraestrutura escolar. Seja em novas escolas ou em escolas já existentes. Em breve, vamos abrir a licitação, ver quais são as empresas vencedoras e iniciar as obras”. 

A gestora do Colégio Estadual Alberto Valença, Josi Sales, disse que o encontro com o governador e com secretário é muito importante para o desenvolvimento da educação na Bahia. "Esta prática contribui com as escolas de forma significativa porque é uma escuta qualificada. O governador e o secretário estão fazendo uma escuta dos seus gestores, que ocupam cargos de confiança, que estão nas unidades colocando em prática o trabalho que se almeja. E somos nós, gestores, que conhecemos as necessidades dos estudantes. Sabemos o que é preciso mudar para favorecer a educação".

Segundo Jerônimo Rodrigues, em 2019, Rui determinou a realização de reuniões com diretores e gestores escolares. “Isso foi feito ano passado, em todo estado da Bahia. Salvador, por ser muito grande, com suas 209 escolas, está recebendo uma reunião em separado, com esses gestores. Essa reunião é para que haja uma aproximação entre gestores escolares e o governador". 

O secretário comentou ainda que, com os recursos licitados, 150 escolas serão reformadas, ampliadas ou construídas, com quadras, laboratórios, piscinas e outros equipamentos. “Nosso objetivo é garantir o foco na aprendizagem e a melhora dos nossos indicadores". 

Repórter: Raul Rodrigues

Áudio:

Vídeo:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.