• mapa de mídias
  • Portal SEI
  • RH Bahia
  • RH Bahia
  • Casa Nova

Trânsito

11/09/2019 15:57

Detran-BA apresenta resultados da operação 'Paz no Trânsito' em fórum nacional sobre a Lei Seca

O Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) contabiliza mais de 76 mil abordagens de pessoas e veículos em 2019, em blitzes de alcoolemia da operação 'Paz no Trânsito', com a participação da Polícia Militar. Dos quase 30 mil condutores submetidos ao teste do bafômetro, 2,5 mil se recusaram a soprar o aparelho, 292 estavam embriagados e 33 foram encaminhados à delegacia.

Os números da fiscalização do Detran-BA foram apresentados nesta quarta-feira (11), no Centro de Eventos do Hotel Royal Tulip, em Brasília, durante o Fórum Nacional Permanente das Operações Lei Seca. O evento reuniu técnicos dos Detrans de diversos  pontos do país e especialistas em legislação de trânsito. 

"Essa troca de experiências é muito importante para avançarmos ainda mais na aplicação da Lei Seca. As ações na Bahia serão intensificadas no período da Semana Nacional de Trânsito, que acontece de 18 a 25 de setembro", declarou o coordenador de Fiscalização do Detran-BA, Márcio Santos.   

No mesmo local, foi realizado o Fórum Técnico e Operacional dos Detrans, com a participação do diretor-geral do Detran-BA, Rodrigo Pimentel, e dos diretores de Veículos e de Habilitação do órgão, Igor Brandão e Geraldo Mascarenhas, respectivamente. Em pauta, as novas regras do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) para o emplacamento Mercosul e a formação de condutores.

"O fim da obrigatoriedade da placa Mercosul na transferência do veículo, no mesmo município, foi a grande mudança reivindicada pelos proprietários, que teve o apoio do Detran da Bahia", explicou Brandão. Mascarenhas acrescentou que "na próxima semana, começa a valer a nova legislação para a formação de motoristas, com destaque para o uso facultativo do simulador, que nós antecipamos em um mês, e a redução da carga horária das aulas práticas". 

Fonte: Ascom/Detran-BA

Áudio:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.