• mapa de mídias
  • Portal SEI
  • RH Bahia
  • RH Bahia
  • Casa Nova
  • Prêmio Boas Práticas

Desenvolvimento Rural

11/07/2019 20:10

Bahia Produtiva promove jogo para que colaboradores vivenciem o tema acesso a mercado

O projeto Bahia Produtiva, executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), além de investir na produção, infraestrutura e organização de cooperativas e associações da Bahia, investe no grande desafio que é o acesso a mercado. Nesta quinta-feira (11), foi realizado, em Salvador, mais um módulo de formação para a equipe do técnica do projeto, de todos os Territórios de Identidade, que contou com o Painel: Organização para o Mercado.

No evento, foi criado um ambiente onde os colaboradores puderam vivenciar algumas experimentações em relação ao tema e por meio de uma dinâmica descobrir e discutir alguns conceitos sobre o acesso a mercado. O produto trabalhado foi a castanha de caju produzida por agricultores familiares da Cooperativa da Cajucultura Familiar do Nordeste da Bahia (Cooperacaju), de Ribeira do Pombal. Por meio do Bahia Produtiva, o Governo do Estado está investindo mais de R$2,3 milhões na Cooperacaju, em ações desde o plantio até o acesso ao mercado dos produtos.

Os colaboradores foram desafiados a criar uma embalagem com peças de lego, jogo utilizado para desenvolver habilidades e criatividade. As embalagens criadas por eles foram comparadas com embalagens verdadeiras, que já estão no mercado, aquelas que estão em feiras livres ou em lojas sofisticadas.

Os participantes também traçaram o perfil do consumidor, a tendência de mercado para cada perfil e discutiram quais os desafios que o Bahia Produtiva tem para poder aplicar essa vivência e experiência nos projetos financiados.

De acordo com o assessor técnico do Bahia Produtiva, Guilherme Martins, a dinâmica permitiu vivenciar os conceitos de mercado de forma mais lúdica: “Discutir mercado e seus conceitos é interessante para garantir que todos os colaboradores do projeto tenham acesso a essas informações e saibam, minimamente, a diferença dos segmentos de mercado e possam discutir com as cooperativas e associações, por eles assistidos, a diferença entre uma embalagem dirigida a um mercado popular e para um mercado premium.”

Teorias e conceitos do marketing

Segundo o especialista em mercado do Bahia Produtiva, Aldir Parisi, a ideia de fazer essa dinâmica foi no sentido de abordar teorias e conceitos do marketing na prática, e a castanha de caju da cooperativa serviu como um exemplo: “O intuito foi que os participantes pudessem discutir entre si e terem uma ideia de como funciona o mercado e como deve ser conduzido o trabalho de inserção de um produto. A Cooperacaju acompanhou a discussão e vai traçar estratégias para definir o posicionamento e com qual embalagem ele vai trabalhar”.

Para o presidente da Cooperacaju, Icaro Rennê, participar do evento foi importante para vivenciar o que o público busca nas castanhas: “Os grupos que foram formados na dinâmica desenvolveram uma embalagem de acordo com os diferentes mercados que buscamos. Mais uma vez, o Governo do Estado nos apoia quando precisamos. Por meio do Bahia Produtiva, estamos recebendo apoio em toda cadeia produtiva da castanha de caju, desde o início lá no campo, onde o produtor tem seus cajueiros, até o produto chegar nas gôndolas dos supermercados e na mão do consumidor”.

O Bahia Produtiva é um projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio de empréstimo do Banco Mundial.


Fonte: Ascom/ SDR

Áudio:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.