• mapa de mídias
  • Portal SEI
  • RH Bahia
  • RH Bahia
  • Casa Nova
  • Prêmio Boas Práticas

Serviços

12/06/2019 11:11

Postos SAC prestam atendimento em Libras para deficientes auditivos

Os 17 postos da Rede SAC de Salvador e região metropolitana possuem atendimento especializado em Libras, voltado a pessoas com deficiência auditiva ou com distúrbio da fala. As unidades do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) da capital e RMS atenderam a 1.311 deficientes auditivos nos últimos 12 meses. "A Rede SAC presta um atendimento inclusivo e humanizado, levando cidadania e acessibilidade a pessoas com deficiência auditiva”, explicou o superintendente de Atendimento ao Cidadão, Flávio Barbosa.

Para realizar o atendimento especializado, a Rede SAC capacitou 102 servidores em cursos para aprender a Linguagem Brasileira de Sinais (Libras). Em parceria com instituições que atuam no auxílio a deficientes auditivos, o SAC ministrou capacitações em níveis básicos e intermediários para funcionários dos 17 Postos de salvador e região. O SAC Barra lidera o ranking com 674 atendimentos, seguido pela unidade do Comércio, que registrou 182, e Bela Vista, com 180.

A servidora Vaneza Sena, 37, que trabalha no SAC Shopping da Bahia, foi uma das funcionárias que aprenderam a linguagem dos sinais em cursos oferecidos pela Rede. Ela contou que optou por fazer o curso de Libras em função de conviver com uma pessoa com deficiência auditiva. “Quando ofereceram o treinamento eu me interessei porque tenho um cunhado com deficiência auditiva. É muito gratificante poder ajudar uma pessoa a se comunicar e ter acesso aos serviços do SAC”, disse.

Assim que soube da capacitação em Libras, Milena Vitória, 20, não hesitou em se inscrever. Colaboradora do SAC Cajazeiras, ela usou o conhecimento adquirido no curso e também facilitou o atendimento a uma cidadã com deficiência auditiva, adotando a linguagem de sinais. "Eu amo o que faço. Assim que chega uma pessoa surda no posto eu me proponho logo a atender para que ela se sinta acolhida e fique feliz, porque eu também fico feliz com isso, pois faço esse trabalho com muito prazer", ressaltou.

As pessoas com deficiência são prioridade no atendimento presencial na Rede SAC. Assim que chegam em uma das unidades são atendidos por servidores que dominam a linguagem de Libras. Desde o primeiro contato na recepção e durante todo o atendimento, a pessoa com deficiência é acompanhada por um intérprete. De acordo com o decreto 5.626, de 2005, que regulamenta a lei federal 10.436, sancionada em abril de 2002, a efetiva implantação e o controle do uso e difusão de Libras e de sua tradução e interpretação, cabem ao Distrito Federal, aos Estados e aos Municípios, no âmbito de suas competências.

Interior

O intuito da Secretaria da Administração do Estado (Saeb) é expandir o atendimento em Libras para os postos e pontos SAC no interior da Bahia. O trabalho teve início nesta segunda-feira (10), no SAC Irecê. Até o dia 28 de junho, 17 colaboradores do posto serão capacitados no curso de Libras em nível básico. No total, o treinamento terá carga horária de 30 horas e será ministrado pela instrutora Renilde Pereira, que atua na Associação para Inclusão de Surdos de Irecê. As capacitações em Libras estão previstas para acontecer ainda em 2019 nos postos SAC de Senhor do Bonfim, Juazeiro, Itabuna e Teixeira de Freitas.

A Rede SAC possui 71 unidades de atendimento, sendo 36 Postos (na capital, região metropolitana e interior) e 32 Pontos SAC. Além disso, operam três rotas do SAC Móvel, unidades itinerantes que percorrem localidades que não possuem SAC. Para outras informações sobre serviços prestados, horários de atendimento e endereços, a Secretaria da Administração (Saeb) disponibiliza o aplicativo e o portal do SAC Digital e o site institucional do SAC.


Fonte: Ascom/Secretaria da Administração do Estado (Saeb)

Áudio:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.