• mapa de mídias
  • Portal SEI
  • RH Bahia
  • RH Bahia
  • Casa Nova
  • Prêmio Boas Práticas

Governo

27/05/2019 19:50

Novas estradas e central de segurança beneficiam nordeste da Bahia

O nordeste do estado recebeu importantes investimentos do Governo da Bahia nos últimos anos. São obras que levam mais conforto e segurança para a população. No total, 130 quilômetros de estradas foram recuperados na região, com investimentos de R$ 51 milhões. 

Em Antas, o Governo do Estado entregou a requalificação da BA-390, no trecho que liga o município ao entroncamento da BR-110, a partir de um investimento de R$ 1,5 milhão. Cerca de 330 veículos trafegam diariamente pela rodovia, beneficiando 90 mil moradores da região.

Foto: Paula Fróes/GOVBA
(Foto: Paula Fróes/GOVBA)

Outra obra de destaque é a Policlínica Regional de Saúde, que será inaugurada ainda em 2019, no município de Paulo Afonso. O Governo do Estado está investindo R$ 22 milhões na construção e aquisição de equipamentos, mobiliário e micro-ônibus para o transporte de pacientes que moram nos outros municípios integrantes do consórcio público de saúde. 

Segurança

Ainda na região, a 22ª Central Integrada de Comunicação (Cicom) reúne as polícias Militar, Civil e Técnica e atende, por meio de uma central única, os serviços de emergência 190 (Polícia Militar) 193 (Bombeiros) e 197 (Polícia Civil). A unidade, inaugurada em agosto de 2018, recebeu R$ 1,5 milhão em investimentos. 

O Cicom reforça a segurança em Euclides da Cunha, Ribeira do Pombal, Tucano, Monte Santo, Itapicuru, Cícero Dantas, Quinjingue, Olindina, Nova Soure, Antas, Fátima, Cipó, Adustina, Canudos, Novo Triunfo, Ribeira do Amparo, Heliópolis e Banzaê, contemplando 551.885 habitantes. 

Cadeia do mel 

Com apoio do Governo do Estado, a Cooperativa de Apicultores de Tucano (Cooapit), responsável pela maior parte da produção de mel do Território do Sisal, tem gradativamente aumentado a produção. Inaugurada em 2015, a ampliação do entreposto da cooperativa, com recursos estaduais de R$ 418 mil, garante estrutura adequada para extração e beneficiamento do mel pela Cooapit. 

Foto: Elói Corrêa/GOVBA
(Foto: Elói Corrêa/GOVBA)

A ampliação incluiu novo maquinário, que envolve centrífuga, mesa desoperculadora, homogeneizador, nove decantadores, além de um caminhão para transporte de mel e colmeias. O mel produzido pela Cooapit é comercializado, a partir de exportadoras, para países como Estados Unidos e Alemanha. 
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.