• mapa de mídias
  • Portal SEI
  • RH Bahia
  • RH Bahia
  • Casa Nova
  • Prêmio Boas Práticas

Administração

15/03/2019 18:40

Governo vai leiloar três salas comerciais e um apartamento residencial

A Secretaria da Administração do Estado (Saeb) vai leiloar um apartamento duplex no bairro do Costa Azul e três salas comerciais no Centro Histórico de Salvador, nas proximidades da Câmara Municipal. Os imóveis vão ser apregoados no Leilão 001/2019, no dia 21 de março, a partir das 10h, no auditório do Espaço Crescer, situado na 2ª Avenida, Número 200, Centro Administrativo da Bahia (CAB).

O leiloeiro oficial Josecelli Kildare Fraga Gomes foi escolhido por sorteio eletrônico para comandar o leilão. As salas são bem localizadas e ideais para escritórios de advocacia, contabilidade, consultórios, empresas de representação comercial e outros. Já o apartamento fica situado numa área residencial privilegiada, próximo a lojas, supermercados e à praia.

As três salas ficam no Edifício Nossa Senhora da Ajuda, na Rua do Tira Chapéu, transversal da Rua da Ajuda. A área tem grande circulação de pessoas, perto de vários prédios públicos, e fica localizada em frente à Secretaria Municipal da Fazenda.

Além da ótima localização, as salas estão com valores de avaliação bem atrativos. A maior sala possui 43 metros quadrados de área privativa e será leiloada pelo lance mínimo de R$ 43 mil. Outra sala tem a metragem de 33 metros quadrados e foi avaliada em R$ 40 mil. Já a menor possui 28 metros quadrados e lance mínimo de R$ 38 mil. Já o apartamento duplex é localizado Rua João Mendes da Costa Filho, bairro do Costa, tem 105 metros quadrados e foi avaliado em R$ 281 mil.

Os interessados poderão visitar os imóveis até o dia 20 de março, das 9h às 18h. Mais informações sobre o leilão podem ser obtidas pelos telefones (71) 3327-2999 e (71) 99247-8696, ao entrando em contato pelo do e-mail kildare.gomes@hotmail.com.

Os imóveis serão vendidos pelo maior lance, iniciando as ofertas a partir do valor da avaliação oficial dos imóveis. Os arrematantes deverão pagar um sinal correspondente a 5% do valor do lote, no ato da compra. Os outros 95% podem ser pagos em até dez prestações. O vencedor também deverá pagar 5% sobre o valor da arrematação, referente à comissão do leiloeiro. O valor arrecadado com o leilão será destinado ao Fundo Previdenciário do Estado (Funprev), para diminuir o déficit da previdência estadual.

Fonte: Ascom/Saeb

Áudio:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.