• mapa de mídias
  • Portal SEI
  • RH Bahia
  • RH Bahia

Economia

10/01/2019 19:14

Nova fábrica da Suzana Santos vai gerar 400 empregos em Itapetinga

Uma nova fábrica de calçados do Grupo Suzana Santos iniciará as atividades no município de Itapetinga, no sudoeste da Bahia, em março deste ano. O compromisso foi firmado entre o presidente da empresa, Almir Santos, e o Governo do Estado, em reunião com o governador Rui Costa e a secretária de Desenvolvimento Econômico, Luiza Maia, na terça-feira (8). 

Com um investimento de R$ 4 milhões, a unidade fabril Itapetinga 2 vai ser instalada no galpão do governo, localizado no bairro Quintas do Morumbi, e deve gerar cerca de 400 empregos. “Nossa previsão inicial era de começar as operações em meados de 2018, mas, devido à crise financeira que assolou o país, tivemos um atraso. Agora, faremos uma reforma no galpão e vamos operar a nova fábrica em março. Já geramos 2 mil empregos no estado, pretendemos fortalecer nosso negócio e potencializar a geração de emprego e renda em Itapetinga”, afirmou o empresário.

Dados da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) apontam que, nos últimos 4 anos, foram implantadas 25 novas empresas do setor calçadista na Bahia, com investimentos de R$ 90,6 milhões e geração de 10,2 mil empregos diretos. Somente em Itapetinga, cerca de 800 empregos diretos foram gerados. 

“Alinhei com o presidente da empresa os termos dos protocolos de intenções. Estamos investindo R$ 4 milhões em uma parceria com a empresa, para proporcionar cada vez mais desenvolvimento para o interior e gerar, pelo menos, 400 novos postos de trabalho e emprego para a população”, destacou o governador.

Para Luiza Maia, essa segunda fábrica da Suzana Santos em Itapetinga representa o esforço do Governo do Estado em potencializar a regionalização dos investimentos. “Serão oferecidas outras áreas no estado para demais empresas do setor de calçados interessadas em se implantar na Bahia. O governador também vai se reunir com outros empresários interessados em investir neste segmento, tanto em Itapetinga quanto em outras regiões”, explicou a secretária. 

Áudio:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.