• Portal SEI
  • Festival

Cultura

06/12/2018 12:20

Sarau de Itapuã inaugura exposição sobre marisqueiras da Bahia

Segunda-feira é dia de Sarau de Itapuã na Casa da Música. O espaço, que é um dos 17 equipamentos culturais administrados pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (Secult), recebe mais uma edição do evento, que homenageia uma personalidade território, Mestre Reginaldo. Artistas como Juliana Ribeiro, As Ganhadeiras de Itapuã, grupo Botequim e grupo Barlavento participarão da festa. O Sarau da próxima segunda-feira (10) mostra também o resultado da oficina de Soundpainting.

Reginaldo Souza, ou 'Mestre Régi', como é chamado pela comunidade, nasceu em Salvador, no bairro de São Caetano, mas escolheu Itapuã como seu recanto, onde mora há 45 anos. Compositor e cantador, que traduz as experiências do dia-a-dia em canções, sambas, boleros, e cirandas, hoje é um dos grandes representantes da cultura popular da Bahia e do Brasil, tendo músicas gravadas por nomes como As Ganhadeiras de Itapuã, Juliana Ribeiro, Grupo Botequim, Viola de Doze, Barlavento, Zé da Guiomar, Adriana Moreira, e outros interpretes. Mestre Reginaldo fez do seu espaço comercial, o Rumo do Vento, um dos principais redutos do samba da Bahia, local para onde muitos amantes da boa roda de samba convergem para se deleitar ao som de vários artistas, tendo-o como anfitrião.

A obra deste importante representante da música baiana garante uma renovação no legado desta cultura popular, e passa a fazer parte do repertório dos encontros onde o povo começa a cantar espontaneamente. A música de Reginaldo Raimundo de Souza está constelada no memorial do povo e inspira muitos outros compositores, que tem nele, uma grande referência de vida e de amor à arte.


Soundpainting

Ministrada na Casa da Música por Laurette Perrin, musicista francesa e doutoranda no Programa Multidisciplinar de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade, a oficina de Soundpainting se propôs a explorar essa linguagem sob as perspectivas do tema “Sou É Somos”, a fim de inspirar corpos e reflexões identitárias. O encontro recebe a participação especial do artista Thiago Trad, além de uma performance ao vivo com todos os participantes no Sarau de Itapuã.

No mesmo dia, haverá o lançamento da exposição “Mulheres do Mar”, que fica na Casa da Música até o dia 7 de janeiro. Os registros das 23 imagens foram feitos através de celulares pelos próprios idealizadores desta exposição, que são técnicos e coordenadores do Programa Clube de Pescadores da Humana Brasil. Além da exposição fotográfica, as marisqueiras também irão expor seus produtos de artesanatos e culinária, como flores artesanais feitas com conchas e os famosos bolinhos, quibes e hambúrgueres de siri.


Fonte: Ascom/ Secult

Áudio:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.