• Primeiro emprego
  • Revista Terra Mãe
  • Premio servidor cidadão

Saúde

13/03/2018 15:20

Hospital Roberto Santos registra 24% menos óbitos na emergência

Maior hospital público do Norte-Nordeste, o Hospital Geral Roberto Santos (HGRS) reduziu em 24% o número de óbitos na urgência e emergência da unidade na comparação entre 2017 e 2016. A tendência para o ano de 2018 é de uma redução ainda maior, já que, nos dois primeiros meses, observa-se índice de redução de 63%. 

A média diária de mortes, no ano de 2017, ficou em 0,78 contra 1,01 do ano de 2016. Neste ano, a média de óbitos por dia, após 24 horas na emergência, é de 0,29, conforme o levantamento feito pela administração da unidade. 

Diretor-geral do HGRS, o anestesiologista José Admirço Lima Filho lembra que a redução do número de óbitos aconteceu ao mesmo tempo em que houve aumento no número de leitos. “Isso é fruto de três pilares: investimento em tecnologia, melhoria dos fluxos e atendimento especializado”, afirma. 

Além da ampliação do acesso hospitalar para alta complexidade, com habilitação de mais leitos de terapia intensiva, a gestão utilizou estratégias como aumento da resolutividade no quadro clínico dos usuários internados. De acordo com a diretora de enfermagem, Aldacy Gonçalves, as ações estão relacionadas a recursos humanos, materiais e de infraestrutura.

“Também fomos beneficiados pela ampliação do número de procedimentos realizados nos setores de hemodinâmica, de bioimagem e do centro de hemorragia digestiva, que impactam diretamente nas especialidades que mais requerem tempo de permanência na instituição, a exemplo de neurocirurgia, vascular e clínica médica. Isso, aliado a ações mais efetivas de controle de infecção hospitalar, fez com que conseguíssemos melhorar a assistência oferecida no Hospital Roberto Santos”, enumera Aldacy.

Fonte: Ascom/HGRS

Áudio:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.