• Novs sedes e visturas reforçam segurança no Sudoeste
  • Investimentos na região sisaleira

Cultura

12/09/2017 16:10

Concha Negra estreia neste domingo com show dos Filhos de Gandhy

Até o mês de fevereiro, a Concha Acústica do Teatro Castro Alves (TCA) vai ser o palco principal da música afro baiana. O projeto Concha Negra tem como objetivo valorizar a cultura e a importância histórica dos blocos afro. Os Filhos de Gandhy fazem o espetáculo de estreia, no próximo domingo (17), com participação especial de Carlinhos Brown. A abertura do show fica por conta do coletivo de humor ‘Frases de Mainha’, com os atores Sulivã Bispo e Thiago Almasy, a partir das 18h.

A dupla vai levar para o palco os personagens Mainha e Junior, que se tornaram um grande sucesso de público em uma série de vídeos para a internet. Os atores agradecem a oportunidade de participar da primeira edição do Concha Negra. “Vai ser muito bom, estamos ansiosos, ainda mais fazendo a abertura para o show dos Filhos de Gandhy. Vai ser uma grande festa, com muito Ijexá”, afirma a dupla.

Iniciativa do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (Secult), através do próprio TCA e do Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI), e em alinhamento com a Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), o Concha Negra se compromete a fomentar a diversidade que tanto identifica a Bahia, suas tradições e patrimônios culturais. O incentivo a mais um canal de visibilidade e acesso à música afro-baiana se alinha a políticas que reconhecem a cidadania cultural e a afirmação de identidades, contribuindo para o combate a preconceitos e valorizando a expressão das variadas manifestações humanas.

O projeto tem direção artística de Elísio Lopes Jr., nome que também atua pela promoção da cultura afro-brasileira. Além das apresentações principais, cada espetáculo terá a participação de pelo menos um convidado especial e também uma abertura com o Janela Baiana, ação continuada da Secult, que abre espaço para artistas ou grupos emergentes da Bahia nos eventos da Concha. Os blocos afro convidados serão remunerados com cachê fixo e ainda recolherão o valor arrecadado em bilheteria.

Programação

Os shows acontecerão uma vez por mês. Muzenza (8/10), Ilê Aiyê (19/11), Cortejo Afro (17/12), Olodum (7/1/2018) e Malê Debalê (4/2/2018) serão os anfitriões das próximas edições do projeto. Os shows acontecerão sempre aos domingos, às 18h, com ingressos a R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia).


Repórter: Tácio Santos

Áudio:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.