• Novs sedes e visturas reforçam segurança no Sudoeste
  • Investimentos na região sisaleira

Campus Party

11/08/2017 17:20

Tecnologia é usada para divulgar atrativos turísticos na Campus Party

A aventura de um voo de asa-delta na Chapada Diamantina ou uma inusitada montanha russa em meio ao casario colonial do Pelourinho, em Salvador. Essas experiências, que unem tecnologia a atrativos turísticos por meio de simuladores de realidade virtual, estão disponíveis para os participantes da Campus Party,  até sábado (12), das 10h às 18h, na Arena Fonte Nova.

Iniciativa da Secretaria do Turismo do Estado (Setur), os simuladores têm atraído grande público ao estande do Governo da Bahia na área Open da feira tecnológica. O sobrevoo na Chapada Diamantina foi a escolha da sergipana Dailane Viana, que mora na Bahia há dois anos, mas nunca visitou a região de Lençóis. “Quis me testar em relação à aventura. Essa experiência é mágica para os adultos, imagina para as crianças. Só aumentou a minha vontade de viajar até lá”, disse.

Já Carlos Junior, de Santo Antônio de Jesus, experimentou a aventura da montanha russa no Centro Histórico de Salvador. "Conheço pouco de Salvador e a experiência tecnológica da simulação despertou a vontade de conhecer o Pelourinho", destacou o estudante universitário, que pretende planejar nova viagem à capital.

Público nordestino

Junto com outros amigos, o pernambucano Marcos Carvalho e o cearense Alex Melo, que estudam em cursos de tecnologia, também aproveitaram. "Nesta viagem já visitamos o Pelourinho e o Elevador Lacerda. Na simulação buscamos identificar os atrativos que vimos", comentou Marcos, que pretende visitar o Farol da Barra ainda nesta sexta (11).

Alex Melo, que também vai conhecer mais atrativos da capital baiana, elogiou a realização da Campus Party na Bahia, que possibilitou maior participação do público nordestino. Além dos baianos de Salvador e do interior, o evento tem participantes de estados como Sergipe, Rio Grande do Norte e Alagoas.

Campus Party 

A Campus Party reúne jovens em um festival de inovação, criatividade, ciência, empreendedorismo e universo digital. Realizada pela primeira vez em 1997, na Espanha, ela já produziu edições em países como Holanda, Alemanha, Reino Unido, Argentina e Equador. O evento está no Brasil há dez anos, com edições em São Paulo, Minas Gerais e Distrito Federal, entre outros.

Fonte: Ascom/Setur

Áudio:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.