• Revista Bahia Oportunidades
  • Sei Bahia
  • mapa de mídias

Governo

20/07/2017 18:07

Disep e Cicom reforçam segurança pública no oeste da Bahia

Um Distrito Integrado de Segurança Pública (Disep) e um Centro Integrado de Comunicação (Cicom) foram inaugurados pelo governador Rui Costa na tarde desta quinta-feira (20), em Barreiras, no oeste baiano. O Cicom vai unificar as chamadas de emergência de 14 municípios da região, por meio do 190, 193 e 197, e será responsável também pelo videomonitoramento de Barreiras. Outros municípios poderão instalar câmeras nas ruas para aderirem à tecnologia. 

Na ocasião, Rui destacou que o Cicom está ligado ao Centro de Operações e Inteligência, em Salvador. “Queremos fortalecer a parceria com o comércio local e com a prefeitura para ampliar o número de câmeras em Barreiras e nas outras cidades atendidas pelo centro. Isso, com certeza, vai aumentar a segurança pública. O Disep também vai proporcionar uma segurança publica melhor”. O distrito, que recebeu investimento de R$ 5,8 milhões, é composto por prédio administrativo, guarita e unidades do Departamento da Política Técnica (DPT) e das polícias Militar e Civil.

Segundo o secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa, além de integrar as polícias, o Disep oferece instalações mais modernas para que os servidores tenham melhores condições de trabalho e para que a população seja bem atendida e bem acolhida. “Cerca de 450 mil baianos, de Barreiras e mais 13 municípios, serão atendidos pelo Cicom, com muito mais eficiência e racionalidade. Temos mais 12 unidades de Disep para serem inauguradas e oito Cicoms até o início de 2018”. 

Além de Barreiras, o Cicom beneficia os municípios de Luís Eduardo Magalhães, São Desidério, Santa Rita de Cássia, Formosa do Rio Preto, Riachão da Neves, Angical, Cotegipe, Cristópolis, Baianópolis, Mansidão, Brejolândia, Catolândia e Wanderley. Mais de R$ 7,2 milhões foram investidos nas duas novas estruturas. 

Foto: Alberto Coutinho/GOVBA
(Foto: Alberto Coutinho/GOVBA)

Centro judiciário

Na tarde desta quinta (20), o governador também participou da solenidade de inauguração do Centro Judiciário de Solução Consensual de Conflitos (Cejusc), no Fórum Tarcílio Vieira de Melo, na Rua Anibal Alves Barbosa, no centro da cidade. A presidente do Tribunal de Justiça, Maria do Socorro, ressaltou a importância do novo centro. “Esse Cejusc é voltado para resolver conflitos agrários. Essa região é agrária e precisa de uma solução. Qual a melhor forma de resolver isso rapidamente? Promovendo uma grande conciliação para que todos se entendam e resolvam essa situação. A justiça está aqui para ajudar”. 

Rui afirmou que o Tribunal de Justiça está fazendo a sua parte para solucionar os conflitos de terra, com a instalação do Cejusc. “O Governo do Estado, por sua vez, está avançando na emissão de títulos, de propriedades de terras para os pequenos produtores, para os quilombolas e para as comunidades de fundo de pasto. Nós temos feito investimentos maciços de titulação e regularização fundiária para pequenos agricultores. No meu governo, nós aprovamos uma lei de fundo de pasto. Estamos regularizando essas famílias que culturalmente vivem e usam a terra e não tinham a sua legalidade”.

Para o governador, o conflito de terras no país tem a ver com a sensação de que os pequenos pequenos agricultores não se sentem mais amparados pelo governo federal. “Com o fim do ministério e com a desaceleração dos investimentos na agricultura familiar e nos pequenos agricultores, criou-se essa sensação de desamparo. De outro lado, os grandes proprietários de terra se sentiram mais à vontade para acirrar esse conflito também. Na Bahia, estamos trabalhando dentro das nossas limitações. Um grande programa de reforma agrária deve ser desenvolvido pelo governo federal porque são recursos vultuosos envolvidos”. 

Infraestrutura hídrica 

Ainda em Barreiras, Rui autorizou a Embasa a licitar sistemas de abastecimento de água nas localidades de São José, Poço do Meio e Barreiro, no município de Mansidão; nas localidades de Gameleira, Barrocão de Baixo, Barrocão de Cima, Bebedouro e Passagem Funda, em Barreiras; e na localidade de Sítio do Rio Grande, em São Desidério.

Repórter: Raul Rodrigues

Áudio:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.