• Prêmio de boias práticas 2017
  • Novs sedes e visturas reforçam segurança no Sudoeste
  • Investimentos na região sisaleira

Cultura

17/07/2017 09:40

Meditação gratuita no Palácio da Aclamação

Uma boa dica para quem busca dar um freio no agito da rotina. Nesta quinta-feira (20), o Palácio da Aclamação (Campo Grande), em Salvador, recebe o programa de meditação ‘Por um Mundo de Paz (Pump)’, das 16 às 17h. A atividade, realizada pelo grupo Brahma Kumaris, é aberta ao público e faz parte do projeto de dinamização de espaços do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac), vinculado à Secretaria de Cultura do Estado (Secult). No dia 17 de agosto haverá mais uma edição, no mesmo espaço, e outra em 21 de setembro, no Passeio Público.

A experiência será conduzida por Patrícia Catalino e os participantes podem, opcionalmente, levar cangas, esteiras e tapetes. Com o tema ‘Paz e Liberdade’, em alusão homenagem ao 2 de Julho, o grupo Brahma Kumaris convida os participantes a realizar uma hora meditação, refletindo sobre independência, liberdade e outras qualidades que influenciam nosso estado mental.

Meditação
Em agosto e setembro haverá outras edições no Aclamação e no Passeio Público, respectivamente.
(Foto: BK)


O Pump busca proporcionar momentos de relaxamento, concentração e contemplação promovendo a experiência de autorrealização, que é um estágio do silêncio interior, por meio do contato com a meditação Raja Yoga, que pode ser praticada por qualquer pessoa, em qualquer lugar e em qualquer momento do cotidiano. O Pump é realizado em espaços abertos, praças e museus ao longo da Avenida Sete e Baía de Todos-os-Santos, sempre na terceira quinta-feira do mês.

A Brahma Kumaris é um movimento mundial, sem fins lucrativos, dedicado à transformação pessoal e à renovação do mundo. Fundada na Índia em 1937, difundiu-se por mais de 110 países em todos os continentes, tendo um amplo impacto em muitos setores como uma ONG internacional. Seu verdadeiro compromisso é ajudar as pessoas a transformarem sua perspectiva espiritual em relação ao mundo, apoiando a cultura de uma profunda consciência coletiva de paz e dignidade individual de cada ser.

Fonte: Ascom/Diretoria de Museus do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Dimus/Ipac)

Áudio:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.