• Novembro Negro

Infraestrutura Hídrica

14/07/2017 16:00

Justiça Federal autoriza prosseguimento de licitação da barragem de Catolé

A Justiça Federal, em decisão proferida na quinta-feira (13), autorizou o Estado da Bahia a dar prosseguimento ao processo licitatório para construção da barragem de Catolé, no município de Vitória da Conquista.

Em sua decisão, o juiz federal João Batista de Castro Júnior, da 1ª Vara da Subseção Judiciária de Vitória da Conquista, permitiu que fosse dado continuidade à licitação até a fase de homologação, "ficando condicionada a assinatura do contrato à apresentação da licença ambiental prévia com o cumprimento de eventuais condicionantes".

A barragem do Catolé poderá acumular até 24 milhões de metros cúbicos de água – ou seja, um volume quatro vezes maior que a capacidade do sistema atual, que atende às populações de Vitória da Conquista, Barra do Choça e Belo Campo.

Fim do racionamento

Com as obras emergenciais para captação de água no Rio Gaviãozinho, que receberam investimentos de R$ 6 milhões, e com as chuvas suficientes para encher a Barragem de Água Fria, o governador Rui Costa determinou que a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) encerrasse o racionamento de água em Vitória da Conquista, com 350 mil habitantes. “Eu espero que nós consigamos manter o equilíbrio hídrico enquanto a solução definitiva não vem, que é a Barragem do Rio Catolé, que nós estamos licitando e devemos começar ainda este ano”, afirmou Rui.

Hospital Geral

Além das ações em abastecimento de água, o Governo do Estado também está investido na área da Saúde em Vitória da Conquista. A nova emergência do Hospital Geral será inaugurada em setembro. Já uma nova UTI com 20 leitos será construída no local da antiga emergência, assim que esta for transferida para a nova área.

Áudio:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.