• Novs sedes e visturas reforçam segurança no Sudoeste
  • Investimentos na região sisaleira

Ouvidoria Geral

19/04/2017 17:40

Bairro de São Gonçalo tem atendimento da Ouvidoria Ativa

Estudantes, professores, moradores e representantes do bairro de São Gonçalo e região participaram na manhã desta quarta-feira (19) da segunda edição do projeto Ouvidoria Ativa. O evento promovido pela Ouvidoria Geral do Estado (OGE) aconteceu no Colégio Estadual Alberto Valença.

A ação visa informar a população sobre a finalidade, funcionamento e canais de acesso da Rede de Ouvidorias do Estado. É uma iniciativa da OGE em parceria com as ouvidorias especializadas das secretarias e órgãos do Estado.

“O objetivo do Governo do Estado, através do projeto Ouvidoria Ativa, é justamente esse, informar e orientar os cidadãos sobre como acessar a Ouvidoria Geral e toda a rede de ouvidorias especializadas das secretarias e órgãos do Estado, fortalecendo a participação social na gestão pública e melhorando os serviços prestados pelo Estado”, falou o ouvidor geral do Estado, José Maria Dutra.

O atendimento à comunidade de São Gonçalo foi fruto de uma solicitação feita pela Liga Baixiense de Futebol e Inclusão Social à Ouvidoria Geral do Estado, através do Sistema de Ouvidorias (TAG).

Para o vice-presidente da associação Liga Baixiense de Futebol e Inclusão Social, Márcio Costa, o momento foi oportuno para tirar dúvidas sobre como falar com o Governo do Estado. “Muitos aqui não sabiam a quem recorrer para encaminhar solicitações e pedidos de informações ao Governo do Estado e o ouvidor geral esclareceu muitas dúvidas, respondendo as perguntas da comunidade local”, afirmou.

Para o estudante William Oliveira, o atendimento foi uma oportunidade para exercer a democracia e emitir opiniões sobre os serviços prestados pela escola pública. “Nós estudantes pudemos apresentar sugestões e reivindicar melhorias para a escola”, disse o educando do terceiro ano do ensino médio.

“O projeto Ouvidoria Ativa é uma ação necessária que deve ser replicado em todos os colégios estaduais para que a comunidade escolar tenha voz e consciência de como utilizar os serviços públicos”, destacou a diretora do Colégio Estadual Alberto Valença, Josilene Sales.

Antes de apresentar os serviços do sistema de ouvidorias públicas do estado da Bahia, o ouvidor geral estimulou a interação dos participantes com uma dinâmica de grupo. “Esse exercício facilita a comunicação entre nós e o grupo, fortalecendo a participação da comunidade”, explicou o ouvidor.


Fonte: Ascom/ Ouvidoria Geral do Estado (OGE)

Áudio:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.