• Novs sedes e visturas reforçam segurança no Sudoeste
  • Investimentos na região sisaleira

Carnaval

22/02/2017 09:56

Investimento do Governo potencializa ações dos blocos afro

Os convênios firmados entre a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) e os blocos afro Olodum e Ilê Aiyê, em 2016, para inclusão social e capacitação profissional de jovens em situação de vulnerabilidade, já começam a apresentar seus primeiros resultados neste Carnaval. Com investimento de R$ 2,2 milhões, os projetos Escola Olodum: Pela Paz e Pela Vida e Bloco Afro nas Comunidades irão beneficiar mais de 1,8 mil jovens, entre 15 e 21 anos, com cursos profissionalizantes de Percussão, Canto, Dança e Estética Afro, Turbantes e Trançados. Desse total, 119 já estão sendo qualificados pela Escola Olodum, e o aprendizado será apresentado na abertura do Carnaval de Salvador, nesta quarta-feira (22), às 18h.

À convite da Empresa Salvador Turismo (Saltur), o desfile da banda juvenil Escola Olodum contará com a presença dos jovens que fizeram as oficinas de percussão nos bairros do Uruguai, Nordeste de Amaralina e Pelourinho, em janeiro deste ano. Com as batidas do samba reggae, os alunos participarão do cortejo, que sairá da Praça Castro Alves até a Praça Municipal, e serão remunerados pela apresentação. Para o secretário da SJDHDS, Carlos Martins, “esse é o resultado de uma importante ação afirmativa, que está sendo executada de forma exitosa, nos bairros com população majoritariamente negra e de baixa renda, e que contribuirá para o empoderamento juvenil, redução da violência, qualificação profissional e inserção dos jovens no mercado de trabalho”.

O grupo também participará do tradicional desfile do bloco afro Olodum, na sexta-feira (24), no circuito Osmar, e ainda vai animar os foliões que vão curtir o carnaval na segunda-feira (27), no Pelourinho. O desfile, marcado para as 14h, em frente à Escola Oldoum, também contará com a participação dos alunos das oficinas de dança afro, turbantes e trançados. “A parceria com a Secretaria de Justiça está trazendo novos marcos para proteger a vida, estimular outras vivências e criar uma metodologia, onde a cultura e a arte são símbolos transformadores da experiência e expectativa de vida da juventude”, destacou o presidente do bloco afro Olodum, João Jorge.

Ilê Aiyê

O Bloco Afro nas Comunidades, parceria da SJDHDS com o Ilê Aiyê, vai dar início aos primeiros cursos profissionalizantes dia 6 de março, nos Centros Sociais Urbanos de Mussurunga e de Valéria, e na Senzala do Barro Preto, no Curuzu. Os dois projetos, que também promovem o acesso à cultura, cidadania, autoestima e defesa de direitos, integram as ações do Programa Pacto Pela Vida, do Governo do Estado.


Fonte: Ascom/SJDHDS

Áudio:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.