• Novs sedes e visturas reforçam segurança no Sudoeste
  • Investimentos na região sisaleira

Cultura

07/02/2017 10:00

Secult divulga lista de entidades habilitadas no Carnaval Ouro Negro

A Secretaria de Cultura do Estado (Secult) divulgou nesta terça-feira (7), no Diário Oficial do Estado, a relação das entidades habilitadas pelo projeto Carnaval Ouro Negro 2017. Com investimento de mais de R$ 5 milhões, 91 entidades nas categorias afro, afoxé, samba, reggae e de índio receberão recursos do Governo do Estado para o desfile no Carnaval 2017. Confira o resultado final.

O processo de credenciamento no Ouro Negro 2017 começou no mês de janeiro, tendo como critérios a adequação ao objeto do edital e a entrega e regularidade fiscal dos documentos necessários dentro do prazo estabelecido. Ao todo, foram recebidas 121 inscrições. As 91 agremiações contempladas foram aquelas que apresentaram a documentação completa exigida no edital até os prazos para entrega de recursos.

Através do projeto Ouro Negro, lançado pela Secult no ano de 2008, e coordenado pelo Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI), a Secretaria de Cultura tem promovido uma verdadeira requalificação nos desfiles dos blocos, estimulando a valorização e a preservação da tradição afro no Carnaval, com o desfile com alas e roupas tradicionais, além da renovação dos integrantes destes blocos, com maior presença da juventude. Dentro de suas comunidades, estas entidades contribuem para o desenvolvimento social através da construção de uma cultura cidadã.

O Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI), da Secretaria de Cultura do Estado (Secult) é responsável pela execução, proteção e promoção das políticas públicas de valorização e fortalecimento das manifestações populares e de identidade, orientadas de acordo com o pensamento contemporâneo da Unesco e do Ministério da Cultura. Seu campo de atuação contempla a cultura do sertão, de matrizes africanas, ciganas e indígenas, LGBT, infância e idosos. Coordena o projeto Pelourinho Cultural, responsável pela programação artística dos largos do Pelourinho e suas grandes festas populares.


Fonte: Ascom/Secult

Áudio:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.