• mapa de mídias
  • Novs sedes e visturas reforçam segurança no Sudoeste
  • Investimentos na região sisaleira

Emprego

30/11/2016 15:30

Governo lança programa Primeiro Emprego com nove mil vagas

As portas para o primeiro emprego estão abertas, por meio do Programa Primeiro Emprego, para nove mil jovens egressos da Rede Estadual de Educação Profissional, formados a partir de 2015. O programa foi lançado na manhã desta quarta-feira (30), pelo governador Rui Costa, em cerimônia no Hotel Deville, em Salvador. A meta é preencher, apenas no setor público, 4,5 mil vagas até novembro de 2017 e outras 4,5 mil até novembro de 2018. Mais de 80 empresas privadas também já manifestaram interesse em participar do programa.

No setor público, neste primeiro momento, as vagas serão destinadas às áreas da Saúde, Educação e Segurança Pública. Rui avalia que “o programa é um estímulo para melhorar a qualidade das nossas escolas e para a juventude que busca uma oportunidade, para que ela possa se destacar pelo seu talento, pela sua dedicação, não por favores ou indicações de políticos. Será pelo esforço pessoal de cada jovem que eles vão entrar e permanecer no mercado de trabalho, a partir deste primeiro contato, desta primeira experiência”.

Participaram do lançamento jovens representantes dos 27 territórios de identidade, inclusive que já estão trabalhando no Hospital Geral do Estado (HGE2) e na Bridgestone, pelo programa. Natália Costa, 20 anos, moradora de Mussurunga, terminou o curso técnico em eletrotécnica no Centro Estadual de Educação Profissional Newton Sucupira e já está empregada na Bridgestone. "Eu estou podendo conhecer novas coisas. Passei por entrevistas coletivas e individuais. Tudo isso é uma elevação, ajuda a gente a fortalecer nosso espírito competitivo. Estar trabalhando em uma empresa mundialmente conhecida é uma oportunidade ímpar”.


Primeiro Emprego
As vagas do programa são destinadas a egressos da Educação Profissional (Foto: Manu Dias/GOVBA)

O vice-presidente da Bridgestone, Damian Seltzer, destaca que a oportunidade pode se tornar uma carreira. “Para nós, ter o primeiro emprego é um começo do que pode ser uma carreira de longo prazo. Esta é a nossa mentalidade. Assim como começamos com este programa, nossa esperança é que muitos desses jovens possam continuar trabalhando na Bridgestone por muito tempo”.

Direitos garantidos e plano de saúde

Ao conquistar a vaga, intermediada pela Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), os egressos terão carteira de trabalho assinada e todos os direitos garantidos. O contrato tem duração de 24 meses no Estado, já as empresas particulares têm a prerrogativa de definir se haverá a continuidade do contrato. A remuneração nas instituições privadas é a partir de um salário mínimo, já nos órgãos estaduais, o contemplado terá salário mínimo, plano de saúde (Planserv) e vale transporte.

Diante da convocação, é preciso que os candidatos apresentem carteira de trabalho, identidade e CPF, estejam em dia com a justiça eleitoral e, no caso dos homens, com o alistamento militar. Durante o lançamento do programa, candidatos de toda a Bahia entregaram documentos para as vagas nas áreas de Saúde e Segurança Pública. Morador de Jaguaquara, Robinson Barreto, 24, fez curso profissionalizante de Administração. “Muitos empresários querem apenas quem já tem experiência e, para nós, fica muito difícil. Com este projeto, nós podemos conseguir um trabalho e ter uma recompensa por termos estudado estes anos todos, conseguindo a vaga no mercado de trabalho”.

Repórter: Raul Rodrigues

Publicada às 10h27
Atualizada às 15h33

Áudio:

Vídeo:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.