• Novs sedes e visturas reforçam segurança no Sudoeste
  • Investimentos na região sisaleira

Saúde

29/08/2016 16:10

Centro de Reabilitação beneficia 21 municípios do Extremo Sul

Um centro de referência que cuidará da reabilitação física e mental de moradores de 21 municípios do Extremo Sul baiano que precisam de cuidados específicos. Esse é o objetivo do Centro Especializado de Reabilitação (CER) de Teixeira de Freitas, inaugurado nesta segunda-feira (29) como parte do programa federal Viver sem Limites. Com mais de 60 profissionais, distribuídos em mais de 10 especialidades, o equipamento vai oferecer serviços de média e alta complexidade, com assistência integral para crianças, adultos e idosos com diferentes necessidades.

O governador Rui Costa, acompanhado de autoridades estaduais e municipais, foi ao município participar da inauguração. "Estou muito orgulhoso pela inauguração desse equipamento e tenho certeza que cada morador da região que entrar aqui vai se sentir da mesma forma. As pessoas que têm algum tipo de deficiência muitas vezes ficam invisíveis porque sequer conseguem andar nas ruas, já que muitas cidades não estão equipadas para isso. E foi para isso que esse programa foi criado, para dar visibilidade. E o povo daqui tem que ter orgulho porque o primeiro centro desse tipo que ficou pronto e foi inaugurado no Brasil está aqui em Teixeira de Freitas", disse.

Estão empregados no Centro psicólogos, nutricionistas, enfermeiros, psiquiatras, neurologistas pediátricos e adultos, fisiatra, ortopedista, fonoaudiologistas, geriatras, terapeutas, entre outros profissionais, além do grupo que cuida do administrativo. Essa equipe multidisciplinar tem, no espaço inaugurado, salas de reabilitação, consultórios, Centro Especializado Odontológico (CEO), ginásio e até piscina para ajudar na reabilitação dos pacientes.

Ainda no município, o governador entregou 91 títulos de terra a agricultores de Teixeira de Freitas, Itamaraju, Itanhém, Medeiros Neto, Mucuri, Nova Viçosa, Prado e Vereda, e visitou outra importante intervenção na área da saúde para região. A policlínica de Teixeira de Freitas já está com cerca de 14% das obras concluídas e, segundo Rui, deve ter sua estrutura física pronta em fevereiro de 2017. “A instalação dos equipamentos começará logo em seguida”, afirmou, após conferir detalhes do projeto. A unidade, que atenderá aos moradores de 13 municípios do Extremo Sul com diversas especialidades, conta com investimento total superior a R$19 milhões.

Para o diretor do CER, o enfermeiro Lucas Fagundes, o equipamento é importante porque promoverá a capacitação e a inclusão social de uma população muitas vezes excluída, justamente por falta de ações como essa. “Atenderemos aqui a macrorregião de Teixeira de Freitas, de Belmonte até Mucuri.Temos aqui toda a parte de reabilitação física, que inclui os pacientes com microcefalia, amputações, que tenham sofrido AVC [acidente vascular cerebral], AVE [acidente vascular encefálico], síndrome de Guillan Barre, Parkinson; além da reabilitação intelectual, voltada para o público que possui síndrome de Down, autistas, crianças com atraso de desenvolvimento. É um público muito diverso, pouco visto e que precisa dessa atenção especial, desse cuidado, e esse Centro vai poder trazer mais dignidade para essas pessoas”, explicou.

Policlínica e títulos de terra

Ainda no município, o governador visitou outra importante intervenção na área da saúde para região. A policlínica de Teixeira de Freitas já está com cerca de 14% das obras concluídas e, segundo Rui, deve ter sua estrutura física pronta em fevereiro de 2017. “A instalação dos equipamentos começará logo em seguida”, afirmou, após conferir detalhes do projeto. A unidade, que atenderá aos moradores de 13 municípios do Extremo Sul com diversas especialidades, conta com investimento total superior a R$ 19 milhões.

Rui também entregou 91 títulos de terra a agricultores de Teixeira de Freitas, Itamaraju, Itanhém, Medeiros Neto, Mucuri, Nova Viçosa, Prado e Vereda. São famílias que realizam o sonho de receber a regularização das suas propriedades, como a de dona Celci Gomes, 59 anos, que há 40 anos vive da terra, cujo documento de posse recebeu hoje. No local, ela mora com os cinco filhos e cultiva, entre outras coisas, alface, hortaliças, aipim e feijão. "Estou muito alegre porque essa é a realização de uma vida toda. Infelizmente meu marido não está aqui para ver esse sonho virando realidade, porque faleceu há três anos, mas eu vim com meus filhos para dar mais esse passo", comemorou.

Visita a escolas

Durante a passagem por Teixeira de Freitas, Rui ainda visitou o Centro Educacional Professor Rômulo Galvão, onde conversou com professores, alunos, gestores e toda a comunidade escolar. Conhecer as instalações das instituições de ensino do estado faz parte da série de visitas que o governador tem feito desde o início da gestão. O objetivo é conhecer a fundo o que tem funcionado e as principais dificuldades da educação baiana, como parte do programa estadual Educar para Transformar- Um Pacto pela Educação, lançado há dois anos. No Rômulo Galvão, Rui se comprometeu a construir a cobertura da quadra poliesportiva e ouviu outras demandas da comunidade.

Repórter: Anna Larissa Falcão

Publicada às 13h10
Atualizada às 16h16

Áudio:

Vídeo:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.