• Novembro Negro

Governo

29/06/2016 15:40

Cisternas e títulos de terra beneficiam população de Baixa Grande

Mandacaru é o nome do povoado de Baixa Grande, na Bacia do Jacuípe, onde para se chegar são cerca de 20 quilômetros de estrada de terra a partir da sede do município. O nome típico da planta do semiárido é uma pista sobre a importância das 120 cisternas entregues pelo governador Rui Costa nesta quarta-feira (29), que beneficiam cerca de 2,5 mil moradores locais. A comunidade também recebeu uma escola, construída pelo governo federal, e 73 títulos de propriedade foram entregues a produtores rurais de Baixa Grande, Várzea da Roça e Várzea do Poço.

Na localidade ainda foram assinadas autorizações para a reforma dos mercados do povoado e também no distrito de Italegre e para que a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) celebre quatro convênios, no âmbito do Programa Bahia Produtiva, voltados ao desenvolvimento socioambiental e das cadeias da apicultura e bovinocultura. Rui também fez a entrega simbólica de pavimentações na sede de Baixa Grande e nos povoados de Cipó, Lagoa do Mamão, Tabuleiro e Novo Sítio.

O agricultor Severino do Amor Divino tem 67 anos e nasceu na terra que agora é dele de fato e de direito. “Eu produzo um tudo na vida. Planto batata, melancia, milho, feijão. Pode procurar saber na região que quem mais trabalha lá sou eu. Esse documento melhora muita coisa, porque qualquer coisa que a gente precisava no banco, eles pediam o título da terra; outro documento não serve. Então, isso para mim é uma coisa muito importante”.

Um das cisternas foi entregue à família de Teodósia da Câmara, 26 anos, que mora com o marido e dois filhos em uma casinha no povoado de Mandacaru. “Para fazer qualquer coisa em casa é preciso ter água, [como] arrumar a casa, lavar roupa, louça e cozinhar. Eu acordo cedo e tinha que buscar água longe. Agora não tenho mais que ficar buscando água. Vai ser menos trabalho e vai sobrar mais tempo para eu cuidar da família”, comemora.

Repórter: Raul Rodrigues

Áudio:

Vídeo:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.