• Portal SEI
  • Festival

Transportes

12/03/2015 12:00

Movimento de usuários na linha Salvador-Itaparica cresce 107%

Com uma vista deslumbrante para a Baía de Todos-os-Santos, a nova linha marítima Salvador – Itaparica oferece rapidez e comodidade ao baiano. Oficializada pelo governo, o transporte opera desde janeiro deste ano. A travessia é realizada inicialmente por um catamarã, que tem capacidade para transportar 160 pessoas.

O fluxo entre a cidade de João Ubaldo Ribeiro e a capital baiana apresentou crescimento notável, neste último mês, quando foram transportados 5.689 usuários. Se comparado ao primeiro mês de operação, é identificado aumento representativo na movimentação de passageiros de aproximadamente 107%.

Três sistemas

A partir dessa nova rota, a Ilha de Itaparica passa a ser atendida por três sistemas de transporte público. Os passageiros têm a opção de ir de Ferry-Boat até Bom Despacho ou de lancha até Mar Grande, para só depois se deslocarem de ônibus ou carro até Itaparica. Com a nova linha, o tempo estimado de viagem é entre 50 e 60 minutos. A partir desta opção, o usuário economiza 30 minutos aproximadamente.

Conforme o secretário de Infraestrutura do Estado, Marcus Cavalcanti, a nova rota marítima favorece a economia da região além de proporcionar comodidade aos usuários. “O novo trajeto incentiva o turismo e comércio local, além de proporcionar conforto para o veranista e morador ao atracarem direto na cidade”, conclui o gestor.

Para o estudante Álvaro Fialho, 25, o trajeto direto para ilha assemelha-se ao de um usuário de lancha particular. “Tenho a mesma comodidade de quem possui uma lancha. Saio direto de Salvador para Itaparica e desembarco no mesmo local onde são atracadas as embarcações particulares. A diferença é que utilizo um serviço público”, afirma Álvaro.

Serviço

O catamarã opera de domingo a domingo em três turnos, com saídas do Terminal Turístico Náutico da Bahia, no bairro do Comércio, em Salvador, às 7h30, 15h30 e 18h30. Já os embarques em Itaparica ocorrem às 6h15, 12h15 e 17h15. A tarifa varia entre R$ 8 e R$ 10.

Áudio:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.