• mapa de mídias
  • Portal SEI
  • RH Bahia
  • RH Bahia
  • Casa Nova
  • Prêmio Boas Práticas

Esportes

29/08/2014 12:57

Regata Aratu-Maragojipe reúne mais de 400 embarcações na Baía de Todos-os-Santos

Será realizada neste sábado (30), na Baía de Todos-os-Santos, a maior competição náutica de percurso do país, a Regata Aratu-Maragojipe, que completa 45 anos. O início da competição está previsto para as 10h, saindo de Aratu. As embarcações cruzam a baía e entram no rio Paraguaçu, rumando até Maragojipe. Em seguida, passam pelas Ilhas de Maré, dos Frades, Itaparica, do Medo, Barra do Paraguaçu e São Roque, dentre outros pontos

A abertura oficial da regata, que tem patrocínio da Bahiatursa, vinculada à Secretaria do Turismo (Setur), está prevista esta sexta-feira (29), às 20h, na sede do Aratu Iate Clube, com a presença de autoridades civis e militares, além de esportistas, imprensa e convidados especiais. Promovida pelo Aratu Iate Clube, com a coordenação da Via Náutica Consultoria & Eventos, a regata deve reunir cerca de 150 barcos, devidamente inscritos, e envolver uma média de 1.100 velejadores.

Segundo o dirigente do Aratu Iate Clube, Marcelo Froes, esses números devem dobrar, tanto de barcos quanto de velejadores, pois já é de costume se unirem ao cortejo outras 300 embarcações entre veleiros, barcos e escunas, perfazendo um total de aproximadamente 2.500 pessoas a mais. A grande novidade deste ano é a mudança do local dos festejos, passando da parte alta da cidade de Maragojipe para a parte baixa, junto ao píer, na região do Caijá, à margem do Rio Guaí, afluente do Rio Paraguaçu.

Participações

Merece destaque o cruzeiro Costa Leste, que comparecerá com 15 veleiros, trazendo velejadores do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Rio de Janeiro, São Paulo e Espirito Santo. A regata terá ainda a participação do medalhista olímpico Lars Grael, que participa este ano, pela primeira vez, com o seu barco Tangará II, um veleiro de 40 pés. Esportistas do Uruguai e da Argentina também confirmaram presença no evento.

Além da festa de entrega dos prêmios aos melhores velejadores, haverá shows de bandas de forró, desfile de blocos de mascarados - um patrimônio imaterial da Bahia -, feira de artesanato e samba de roda. A tradicional regata Aratu-Maragojipe, com 35 milhas, é um vetor de projeção de uma localidade de grande diversidade cultural, a cidade de Maragojipe. A chegada da regata coincide com as festividades em louvor ao padroeiro do município, São Bartolomeu, proporcionando uma integração entre velejadores e a comunidade.

Áudio:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.