• Portal SEI
  • Festival

Copa 2014

18/06/2014 17:20

Turistas que acompanham Copa em Salvador movimentam economia no Centro Histórico

Brasileiros e turistas de diversas nacionalidades, que chegam a Salvador para a Copa do Mundo Fifa Brasil 2014, movimentam a cidade e geram lucros para a economia local. A expectativa é que 700 mil visitantes passem pelo estado durante o Mundial de Futebol - 70 mil deles estrangeiros - e atraiam R$ 800 milhões para a Bahia.

Na capital do estado, uma região especialmente tem o potencial de reunir alguns dos principais atrativos da cultura baiana para os visitantes - o Centro Histórico. A parte central da cidade, onde fica o Pelourinho, consegue atrair esse público por reunir museus, teatros, apresentações musicais, gastronomia, comércio de souvenirs, que além de enfeitar Salvador retratam parte da história da cidade.

Mesmo para os comerciantes da região, já acostumados a receber turistas durante todo o ano, a quantidade de visitantes movidos pela Copa do Mundo surpreendeu. De acordo com o presidente da Associação dos Comerciantes do Pelourinho, Lenner Cunha, o Mundial foi uma “grata surpresa” e a expectativa ainda maior para depois do evento.

“A Copa está sendo avaliada aqui como um sucesso e acreditamos que o turista atraído pelo torneio de futebol retornará ao Brasil, se for bem recebido, e nós que temos uma vocação de hospitalidade seremos contemplados com o retorno da maioria desses turistas”, disse Cunha.

Dono de um bistrô no Terreiro de Jesus, o empresário José Eglesias também comemora o Mundial e a presença dos estrangeiros e baianos no Pelourinho, que normalmente procuram os pratos típicos da culinária local. “A Copa trouxe os turistas para o Centro Histórico, e esperamos receber bem esse público para que retorne em outro momento”.

O Centro Antigo da cidade aposta na mistura de um pouco de tudo num só lugar. “O Pelourinho e os arredores do Centro Histórico são os principais pontos turísticos de Salvador porque conseguem reunir a história, a cultura, e diferentes atrativos, e além do evento de futebol, homenagear o São João, festa tradicional baiana”, afirma o superintendente do Centro Antigo, Raimundo Andrade. Para os festejos juninos, o Pelourinho reúne apresentações musicais durante seis dias de atrações em palcos montados no Terreiro de Jesus.

Áudio:

Vídeo:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.